Bem-vindo ao blog da Santo Angelo!

Cabos e acessórios SANTO ANGELO tem na Music Jungle
Compre já!

Chegou a hora de comprar um instrumento ou acessório musical?

21-09-15 links consumo

Por Carla Lima

Oi gente, tudo bem? Aqui é a Carla e já conheço alguns de vocês que passaram pelo estande SANTO ANGELO nessa Expomusic e me viram trabalhando na lojinha. Foi a forma que encontrei para ficar mais perto da galera e ouvir a experiência de muitos com a música. Por causa desses novos amigos e do que conversei com eles que resolvi escrever um post sobre consumo consciente de um instrumento ou acessório musical.

A Expomusic 2015 acabou depois de cinco dias de muito trabalho e novidades com pocket shows, workshops, atividades de interação (uma delas super divertida de Capacitância e também um teste drive de pedais), além da citada lojinha cheia de produtos bacanas.  Esperamos que a galera visitante tenha gostado de tudo o que viu, feito muito networking (e da maneira certa, conforme já mostramos aqui no blog) e experimentado os testes drives dos mais variados produtos dos expositores presentes.

Mesmo para quem não foi e acompanhou a feira através das redes sociais, temos certeza que o sonho de tocar (bem) um instrumento musical continua. E com quem falei na feira que tenha experimentado e curtido um novo modelo de instrumento musical, pedal, ou até mesmo um cabo novo (como os nossos ICON Series), o sentimento era o mesmo: quanto custa e onde posso comprar?

Porém, mediante a atual situação econômica que estamos vivendo, é preciso ir com calma, sem jamais desistir do sonho para não transformá-lo em pesadelo. Portanto, o tema de hoje é “consumo consciente”, seguindo os 12 Princípios estabelecidos pelo Instituto Akatu, que você pode saber mais clicando aqui. Vamos lá?

1 – Qual produto mais chamou a sua atenção na Expomusic?

img post 1

Com tantas empresas expondo na feira, imagino que seja difícil escolher apenas um produto, mas aposto que se parar para pensar por um minuto, vai lembrar-se de um deles que mais tenha gostado.

Este é o primeiro passo para realizar o seu sonho: estar determinado sobre o que deseja comprar a fim de evitar que consuma em excesso e compre produtos desnecessários.  Mais do que nunca, precisamos valorizar o nosso dinheiro. Além do mais, o consumo exacerbado gera inúmeros impactos negativos no meio ambiente e nos recursos naturais disponíveis. Leve isso em conta ao consumir.

2- Avalie a necessidade deste produto.

img post 2

Reflita sobre a importância deste instrumento ou acessório musical na sua vida. Procure consumir somente o que realmente necessita (claro que nós trabalhamos e merecemos nos presentear vez ou outra, concorda?), mas por que não economizar e aprender a viver com menos? Como dizem por aí, muitas vezes o “menos é mais” e ao adotar este estilo de vida, verá os benefícios que isso trará.

Mesmo que a música seja o seu único ou principal instrumento de trabalho, é preciso estabelecer critérios avaliativos de prós e contras antes de efetuar a compra. Quando sentimos desejo de consumo por algum produto, isso não significa que precisamos deste produto. Algumas vezes, acabamos nos deixando levar pelo impulso de consumir, ou até mesmo por ter status, incorrendo em escolhas e compras erradas.

Por isso, não seja impulsivo nas compras. Vá com calma e tome a decisão correta.

3 – Pesquise!

img post 3

Agora que você já avaliou e tem certeza que este instrumento ou acessório musical irá fazer diferença na sua vida e que você precisa dele, é hora de partir para o terceiro passo.

Seja quando for comprar um instrumento ou qualquer outro produto, antes de qualquer coisa você precisa pesquisar e obter o máximo de informações sobre o item, além das vantagens e desvantagens em relação aos demais produtos similares.

Por exemplo, se você quiser comprar um pedal de efeito, deverá pesquisar sobre os modelos disponíveis no mercado e a funcionalidade de cada um deles. Qual será o resultado final que proporcionará ao timbre que você deseja produzir (clique aqui e leia mais sobre pedais de efeito)? Os pedais podem contribuir para encontrar o timbre ideal, mas tudo dependerá da combinação que fizer da sua criatividade com os demais equipamentos da sua gig.

Se o que você gostou mesmo foi uma guitarra, saiba que não existe uma que seja a “melhor” ou a que pode ser idealizada como perfeita. A guitarra ideal para cada um é a mesma coisa que o time de futebol ideal: será aquela que for melhor para as suas necessidades. Sendo assim, defina quais são as suas necessidades e qual é a guitarra que melhor se encaixa com seus gostos e, claro, com o seu bolso.

4 – Onde comprar?

img post 4

Após ter em mente todas as informações do que você quer comprar, é preciso fazer uma pesquisa de preços em lojas online e físicas especializadas na venda desses produtos. Normalmente, você encontrará preços melhores e mais vantajosos na internet, mas será que compensam o frete, seguro e atendimento fora de série que consegue na sua loja preferida?

Dependendo das suas necessidades, comprar um produto usado (ou seminovo) poderá atender perfeitamente ao que você precisa. Mas claro que ao optar por esta compra, você deve pesquisar se o produto está em boas condições de uso e que não trará nenhum tipo de gastos extras na manutenção ou reparação. Mas também não fique assustado com isso, porque aqui no blog tem vários posts a respeito disso, sem falar dos ebooks gratuitos da nossa área restrita.

E sempre compre do comércio legalizado, pois ao comprar um produto contrabandeado ou pirateado, você está contribuindo com o crime e a violência.  E se for envolvido em alguma dessas situações, mesmo sem querer, você estará cometendo um crime de receptação que tem como pena a reclusão, de um a quatro anos, e multa (veja aqui mais sobre este assunto).

5 – Faça um planejamento.

img post 5

Ao pesquisar as informações sobre o produto que você quer comprar e onde comprá-lo, terá em mãos os variados valores pelos quais estes produtos são vendidos no mercado. Então, deverá verificar o seu orçamento e qual valor se encaixa no orçamento que dispõe para fazer este investimento.

Sempre pense em longo prazo. Em tempos de crise, é importante controlar muito bem o dinheiro que gasta e listar quais são as reais prioridades.

Fique atento ao uso de empréstimos bancários e às supostas condições “facilitadas” de pagamento, pois ao fazer uma compra parcelada, deve-se lembrar que, por mais que o pagamento não seja imediato, precisará ter a quantia correta no dia do pagamento dos futuros boletos. Se no momento você não tiver o valor exato do produto, poderá pensar com calma na possibilidade de acumular uma quantia de dinheiro mensalmente (investindo no Tesouro Direto, por exemplo) e assim comprá-lo à vista.

Lembre-se sempre do consumo consciente e boa sorte!

Um abraço e até a próxima.