Existem estúdios de gravação gratuitos?

por Carolina Gasparini

Olá leitores do blog da Santo Angelo, tudo bem? Sou a Carolina Gasparini, nova redatora aqui e trarei sempre notícias fresquinhas e relevantes para o nosso universo musical. Para começar, que tal falar um pouco sobre gravação?

Se você acompanha nosso blog, certamente já compôs suas músicas, treinou, ensaiou, tocou e até mesmo gravou algumas faixas em casa utilizando o próprio smartphone (leia mais clicando aqui). Mas, apesar de a gravação ter ficado razoavel, uma vez que você seguiu as dicas do blog e também do nosso canal no Youtube, você ainda não está satisfeito. O que está faltando? Quem sabe um CD feito em um estúdio profissional? Mas nessa hora você pode pensar que custa caro e não tem grana para gastar agora.

Pensando na grande quantidade de músicos existentes em São Paulo e na expansão da cultura na cidade, as Fábricas de Cultura, entidades ligadas à Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo e gerenciadas pela POIESIS – Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura, passaram a disponibilizar estúdios de gravação gratuitos, abertos a todos os estilos musicais e seus integrantes.

A iniciativa é um grande passo para estimular os brasileiros a tornarem-se músicos profissionais e já está em andamento na cidade de São Paulo. Já pensou em entrar em contato com o seu vereador e tentar começar uma iniciativa parecida na sua cidade? Todos saem ganhando: as bandas e músicos, que conseguem gravar de forma profissional o seu material, os produtores, que recebem material de qualidade e os técnicos de som, que tem mais uma oportunidade de emprego.

História dos estúdios nas Fábricas de Cultura

Em 2014 foi inaugurado o primeiro estúdio localizado na Vila Curuça, zona leste da capital paulista. A ideia deu tão certo que no início deste ano já inauguraram mais 5 unidades, todas na periferia da cidade e gratuitas. As unidades estão nos bairros Brasilândia, Capão Redondo, Jaçanã, Jardim São Luís e Vila Nova Cachoeirinha.

EDGGESP 001

Para conseguir atender à demanda, que não é pouca e vai desde grupos religiosos até rappers e bandas de garagem, a cada agendamento é possível gravar apenas uma faixa musical. Os técnicos avaliam cada caso antes de preparar as salas e os produtores ainda dão dicas sobre o universo musical para as bandas. Estudantes que precisem gravar áudios também são recebidos no local e podem agendar um horário para a gravação.

Segundo Thiago Saraiva, coordenador de Articulação e Difusão das Fábricas de Cultura, cerca de 2 bandas gravam nos estúdios por semana, além dos aprendizes dos cursos das Fábricas. “Disponibilizamos 1 hora de montagem e 3 horas de gravação para 1 faixa musical e/ou 3 horas de mixagem”, comenta o coordenador. As bandas recebem o material já gravado e mixado.

Além da gravação e mixagem das músicas, os frequentadores podem também participar dos cursos promovidos no local, inclusive de formação para produção de áudio. Aulas de canto, teatro, instrumentos musicais e cursos pensados especialmente para crianças também são oferecidos nas Fábricas de Cultura.

“Para gravar o interessado deve solicitar uma ficha de agendamento do estúdio na recepção da Fábrica de Cultura que deseja, entregá-la preenchida e aguarda o contato para agendamento, feito por e-mail ou telefone”, explica Saraiva.

Outro estúdio

No Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso, na zona norte de São Paulo, também é possível realizar gravações profissionais. Desde 2006 o local abriga um estúdio também gratuito e grava as mais diferentes bandas e artistas. O serviço também é gratuito e conta com 4 horas de gravação por agendamento, que costuma ser bem concorrido.

A fila de espera para a gravação é de cerca de 3 meses e para reservar o estúdio basta enviar um e-mail para o CCJ pedindo para marcar uma data e informando o número de componentes da banda.

A importância da cultura

Ter conhecimentos culturais diversos e amplos é importante para a formação de cada cidadão, desde seus aspectos mercadológicos até a mais pura fonte de inspiração. A cultura é necessária para a vida em sociedade e nem sempre todos tem acesso fácil a ela.

EDGGESP 002

A música é uma parte importante do crescimento e desenvolvimento cultural e deve ser estimulada de diversas formas, especialmente nas crianças e adolescentes, criando o desejo de transcender e superar seus anseios e desejos. Com a música é possível explorar novos mundos e criar esperança onde ela ainda não existe além do fato já comprovado de que tocar um instrumento musical é muito saudável para o corpo e a mente.

Iniciativas como a das Fábricas de Cultura são muito valiosas, pois levam o profissionalismo e a qualidade de gravação a bairros mais afastados do centro e que nem sempre tem oportunidade de realizar o sonho de gravar um CD em um estúdio com todos os recursos profissionais.

O que levar ao estúdio?

A primeira coisa que deve ser levada ao estúdio, seja ele gratuito ou pago, são suas idéias. Sua Música, sua poesia, seus versos são a parte mais importante do processo, pois elas que serão gravadas em um CD. Levar os instrumentos para a gravação também é necessário, assim como cabos e pedaleiras pessoais. Todo o resto é disponibilizado pelo estúdio, conforme Saraiva.

EDGGESP 003

Os técnicos atuantes em cada estúdio possuem experiência e proatividade para auxiliar as bandas e cantores em tudo que necessitarem. A gravação é profissionalmente mixada e entregue à banda, sem qualquer custo.

Onde encontrar?

  • Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso
    Endereço:
    Avenida Deputado Emílio Carlos, n° 3641, Cachoeirinha
    Telefone: (11) 3984-2466
    Site: http://ccjuve.prefeitura.sp.gov.br/servicos/
  • Fábricas de Cultura
    Site:
    http://www.fabricasdecultura.org.br/

    • Brasilândia
      Endereço: Inajar de Souza, 7001
      Telefone: (11) 3859-2300
      Horário de funcionamento: terça a Sexta das 9h às 20h.
      Sábados e domingos: variável de acordo com a programação.
    • Capão Redondo
      Entrada 1: Rua Bacia de São Francisco, S/N
      Entrada 2: Rua Algard, 82
      Telefone: (11) 5822-5240.
      Horário de funcionamento: terça a sexta das 9h às 20h.
      Sábados e domingos: variável de acordo com a programação.
    • Jaçanã
      Endereço: Rua Raimundo Eduardo da Silva, 138.
      Telefone: (11) 2249-8010.
      Horário de funcionamento: terça a sexta das 9h às 20h.
      Sábados e domingos: variável de acordo com a programação.
    • Jardim São Luís
      Endereço:
      Rua Antônio Ramos Rosa, 651.
      Telefone: (11) 5510-5530.
      Horário de funcionamento: terça a sexta das 9h às 20h.
      Sábados e domingos: variável de acordo com a programação.
    • Vila Nova Cachoeirinha
      Endereço: Rua Franklin do Amaral, 1575.
      Telefone: (11) 2233-9270.
      Horário de funcionamento: terça a sexta das 9h às 20h.
      Sábados e domingos: variável de acordo com a programação.

O que acharam da ideia? Estão esperando o que para conhecer uma das Fabricas de Cultura mais próxima? E não esqueçam de escrever como foram tratados e do que mais gostaram.

Até a próxima!