Bem-vindo ao blog da Santo Angelo!

Cabos e acessórios SANTO ANGELO tem na Music Jungle
Compre já!

Facebook: o lado escuro da Força

03-11-2016-fb

Olá pessoal, tudo bem?

Nós já abordamos, aqui no blog, várias vezes sobre as redes sociais e o porquê de estar dentro delas. Fizemos comparações entre 2 delas (que você relembra clicando aqui), falamos de bons modos nas críticas online e até mesmo sobre quantas são realmente necessárias (veja aqui).

Mas será que não existe um lado escuro da Força nessas redes?

Vamos fazer uma reflexão sobre a maior rede social do mundo que, em março de 2016, atingiu a fantástica marca de 1,65 bilhão de usuários ativos. Sim, estamos falando do Facebook.

Sabia que, até mesmo na China, onde a rede é proibida pelo governo comunista, existem 95 milhões de usuários ativos?

Pois é, sabemos que não será fácil tratar sobre este tema, já que estamos inseridos em uma sociedade hiper conectada e que muitas vezes utilizamos demasiadamente essa e as demais redes sociais sem nenhum controle ou de gestão do tempo.

Segundo pesquisa norte-americana, um usuário médio do Facebook checa a timeline 14 vezes ao dia. Além disso, 45% da população brasileira acessa essa rede social diariamente.

Que estranho poder viciante é esse da rede soial de Mark Zuckerberg?

face-mark-001

Sabemos que Zuckerberg é um dos bilionários mais jovens do planeta e que sua plataforma de relacionamento revolucionou a forma que nos comunicamos com amigos e marcas.

Porém, a sua formação em psicologia explica muita coisa sobre o fascínio que temos sobre a rede social e até mesmo uma necessidade incontrolável de acessá-la diariamente.

De acordo com Ana Luiza Mano, que é psicóloga da PUC-SP, a rede foi projetada e formatada para nos mantermos lá excessivamente, confira mais aqui.

Pois, além de amigos e likes, temos sugestões de contatos, produtos, jogos e páginas estabelecidas de acordo com o algoritmo que estuda nosso perfil e preferências.

A pesquisadora define o Facebook como uma fábrica desenvolvida para nos seduzir e provocar sensação de bem estar.

Afinal, quantas vezes você trocou estudar música para ficar no Facebook?

melhores-celulares-samsung-seudinheiro-istock-getty-images-635x423

Sabemos que esta cena é comum, porém não deve ser frequente.

A ideia é que você reflita:

  • A ferramenta está atrapalhando no seu desempenho profissional e (ou) escolar?
  • Está restringindo seus relacionamentos?
  • Não te deixa cumprir tarefas do dia a dia como: dormir ou comer para ficar conectado?
  • Você se sente nervoso ou irritado quando não consegue acessar a rede?

Calma que você consegue sair dessa, meu jovem Jedi!

O primeiro passo é se conscientizar que, assim como eu, precisa utilizar as redes sociais de maneira moderada e a favor da sua carreira musical e profissional.

Assim, estabeleça um limite de tempo para ficar conectado durante a semana. Pode começar por um número alto e ir diminuindo ao longo das semanas seguintes. Lembre-se de que estamos tratando de um poder viciante que você precisa se libertar.

Em seguida, observe esses passos:

Convívio social: Quando sair com seus amigos e familiares ou for para algum show, adote a famosa técnica da “torre” de smartphones. Todos os aparelhos ficam em um canto e quem pegar por algum motivo terá que pagar a conta.

Day Off: Já pensou em separar um dia da semana para não entrar no Facebook e em nenhuma rede social? Aproveitar o tempo livre e se concentrar na composição de uma nova música ou até mesmo aprender uma nova técnica na guitarra?

Disciplina: Acima de tudo é preciso ter muita disciplina pessoal e utilizar o seu tempo livre da melhor maneira possível ou até mesmo se concentrar melhor na sua carreira.

Bom senso: Ok, o Facebook (ou outra rede social que você atua) o coloca em contato com a galera que curte o seu trabalho. Mas será que só curtir o seu trabalho está ajudando você a faturar mais?

Procure dedicar seu tempo a redes sociais específicas, que aumentem o seu nertworking e possam trazer oportunidades de trabalho ou, pelo menos, formas de economizar seus suados Reais (R$). Já falamos aqui de uma delas.

Quer ajuda? Utilize o Rescue Time e controle sua produtividade, já que essa plataforma demostra por meio de gráficos em quais sites você está ficando mais tempo.

Quer saber mais acesse sobre o uso excessivo das redes sociais, acesse aqui.

Tenho certeza que os resultados serão ótimos!

Abraços, foco e que o lado bom da Força esteja com você.

Lygia Teles, é Relações Públicas e pós-graduanda em Gestão de Marketing pelo SENAC-SP. Desde janeiro/16 integra a equipe de Marketing e Comunicação da SANTO ANGELO