Facebook: sua Privacidade por um Click!

14

Olá pessoal, tudo bem?

Nesse post anterior  escrevi sobre como divulgar sua carreira no YouTube e até entrevistei um profissional da área com dicas bacanas para alavancar essa mídia, caso ainda não a estivesse usando.

Porém, logo em seguida, surgiu uma discussão mundial sobre o uso indevido dos dados de milhões de usuários do Facebook por uma empresa inglesa chamada Cambridge Analytics.

Portanto, o tema de hoje continua sobre as redes sociais, com ênfase em continuar utilizando-as todos os benefícios, sem ter suas informações pessoais utilizadas por terceiros.

Por isso, para músicos e profissionais que utilizam a plataforma do Facebook para divulgação da carreira e trabalho é importante entender saber como preservar a própria privacidade através de filtros adequados.

Mas antes, vamos entender melhor o que aconteceu e o impacto gerado em nosso cotidiano?

001

Tudo isso começou quando um famoso e inocente “joguinho” (comum no feed de quem utiliza redes sociais) capturou, a partir da adesão e respostas de 300 mil usuários, informações pessoais dos “jogadores” e de amigos.

Principais pontos

Como a Cambridge Analytics (CA) teve acesso a dados dos usuários:

O pesquisador Aleksandr Kogan da Universidade de Cambridge desenvolveu um “quis” que exigia a conexão com a conta do Facebook. Ele coletou dados e vendeu à CA.

O que a CA fez com os dados capturados:

A empresa utilizou ferramentas de Inteligência Artificial para relacionar os dados pessoais do Facebook com outras informações, o que permitiu traçar perfis de milhares de pessoas. Segundo informações, os dados foram usados para favorecer a campanha do Donald Trump em 2016.

Mas, afinal, como posso me proteger?

A medida principal seria evitar participar de joguinhos, “quizz”, simulações de aparência (aquelas que te mostram mais velho com o suposto rosto de outro gênero) que são compartilhados diariamente, as vezes pelos seus mais próximos amigos.

IH….acabei de participar de uma dessas bem legal….

OK, mas vá agora mesmo até o seu perfil no Facebook e retire as permissões para acessos aos seus dados pessoais.

002

Sim, é possível alterar as configurações de privacidade do Facebook para que seus dados: e-mail, telefone, amigos não sejam acessados por terceiros. Além disso, você ainda consegue:

Controlar seu status: Sempre verifique se suas publicações devem:

ser só para amigos, privadas ou acessível para todos.

Controlar suas fotos: Quando publicar alguma foto, saiba que é possível escolher quem terá acesso a ela. No momento da publicação, é preciso clicar no Compartilhar abaixo na caixa de diálogo e escolher:

Tornar pública. Acessível somente aos Amigos. Somente para você ou Personalizar para alguns amigos.

Controlar sua geolocalização: O Facebook consegue propor aos usuários, em particular aqueles de dispositivos móveis, a opção de “geolocalizar” suas mensagens e fotos.

Todos eles se encontram, depois, pregados no mapa mundo, acessível a partir de seu perfil.

003

Mas, se você não quer ter o seu perfil localizado, atente-se para que o ícone em forma de alfinete não indique sua posição. Para os antigos posts, dos quais deseja retirar a localização, basta escolher:

Editar e depois Alterar o lugar.

Controlar as marcações dos seus amigos: Seus amigos marcam você o tempo todo? Ou em fotos que você não gostaria de aparecer?

Simples: vá até “Configurações” no seu mural e escolha a opção:

Análise de perfil.

 Depois de tudo isso, ainda vale a pena manter minha conta no Facebook?

004

Com certeza excluir sua conta, não será a melhor decisão.

Independente da rede social, sempre haverá políticas de proteção ao usuário e você deve estar sempre atento ao aceitar os famosos “Termos de Condições de Uso” e participar de “Quizz” que na maioria das vezes passam despercebidos.

As redes sociais continuam sendo uma excelente e barata estratégia de divulgação de marcas e um importante canal de relacionamento e aproximação com fãs/ consumidores.

006

Faz tempo que o blog SANTO ANGELO tem falado sobre redes sociais, como nesse post  e nesse . Portanto, leia tudo o que puder para saber o que está fazendo.

Ou seja, aproveite todo o potencial do Facebook, Instagram, Youtube e outras plataformas para aumentar cada vez mais o crescimento da carreira e da sua base de fãs. Afinal, Viver da Música exige relacionamento e networking.

Abraços e até a próxima.

Lygia Teles, é Relações Públicas e especialista em Gestão de Marketing pelo SENAC-SP. Desde janeiro/16 integra a equipe de Marketing e Comunicação da SANTO ANGELO.