Inspiração de alto nível

Por Isis Mastromano Correia

Quase ao final do prazo para os baixistas tirarem a disposição do case e botar a garra pra funcionar no concurso SANTO ANGELO “Só Para Baixistas”, descobrimos que um dos maiores mestres do instrumento está rondando nossas bandas. Victor Wooten, vencedor de três Grammys e o único baixista eleito o melhor três vezes pela Bass Player, vem dar o ar da graça no Brasil agora em novembro.

Wooten é uma grande fonte de inspiração para todos: curiosos, iniciantes e experientes se encantam por descobrir com Wooten aquilo que o baixo pode oferecer com as técnicas do músico tão inovadoras quanto desafiadoras.

Wooten fez do baixo um estimulante quebra-cabeças

Vêm justamente das mãos de Wooten (embora em algumas biografias constem que a técnica já vinha sendo executada por outros), uma das técnicas de estudo tidas como das mais difíceis de serem executadas: o Double Thumb.

O Double Thumb é até mais do que uma técnica. É um sistema inventado por Wooten e que segundo ele próprio definido como um recurso desenvolvido para que novos caminhos rítmicos pudessem ser explorados ao simular uma palhetada – como na guitarra – nas cordas do baixo com o polegar.

Como o próprio nome diz, este recurso faz dobrar o seu polegar, proporcionando uma sonoridade mais veloz e virtuosa à canção, além, é claro, de ser muito interessante e engenhosa ao extremo. Em resumo, esta técnica faz dobrar a maneira de tocar o slap, deixando-o mais complexo e rico, tanto com o movimento de thumb quanto com pluck. O músico deve movimentar o dedão para cima e para baixo juntamente com os pulsos, como se estivesse tocando livremente um violão sobre o baixo.

Victor Wooten e seus oito ‘tentáculos’

Apesar da sua idade, 49 anos recém completados, Wooten é um dos mais conceituados baixistas da atualidade. Começou a aprender contra baixo aos 3 anos e aos 5 já tocava com os irmãos em espetáculos e clubes. Tocou com grande nomes da música internacional como Branford MarsalisChick CoreaJaco Pastorius. Recebeu diversos prêmios, incluindo dois Nashville Music Awards e três para o melhor baixista do ano atribuídos pela Bass Player Magazine, sendo o tricampeonato um feito inédito para baixistas. Ganhou também três Grammy’s Awards, o maior prêmio da música mundial.

Em sua carreira solo lançou o primeiro álbum em 1996, – A Show of Hands – eleito uma das mais importantes gravações de baixo de todos os tempos. Depois desse CD vieram mais oito álbuns solo e várias outras indicações ao Grammy. Enfim, esse compositor, arranjador, professor, produtor, vocalista e multi-instrumentista ganhou os prêmios mais importantes que um baixista elétrico já abocanhou!

Por essas e outras, Wooten foi elevado a gênio do contrabaixo devido a seu modo não convencional de tratar o instrumento e muita criatividade!  Iniciantes podem se queixar do grau de dificuldade das técnicas de Wooten, mas, certamente encontrarão o apoio certo que ratifica a escolha certa pelo baixo!

Para matar a curiosidade sobre o que de tão diferente tem Wooten, tire a prova aqui:

 

E criatividade é a única coisa que você precisa para iniciar suas participações em concursos, como Wooten, ou dar continuidade se já participou de outros. Veja no link o regulamento para participar do Concurso Santo Angelo Só Para Baixistas: http://blog.santoangelo.com.br/regulamento-concurso-cultural-santo-angelo-so-para-baixistas/

 

Boa sorte e até a próxima!