Bem-vindo ao blog da Santo Angelo!

Cabos e acessórios SANTO ANGELO tem na Music Jungle
Compre já!

Melhorando sua vida financeira em 2017

Eco 1

Olá pessoal, tudo bem?

Fizeram a lição de casa que pedi no post anterior? Ainda não?

Ah, você não teve tempo de ler, certo? Então clique aqui e relembre que eu falei sobre a importância de poupar dinheiro, independente de uma aposentadoria pública ou privada.

A ideia da lição de casa era você perguntar no banco, onde tem sua conta, quais são as opções para os fundos de investimento (Renda Fixa, Ações, Moedas, etc) ou previdência privada (VGBL, PGBL com ou sem adição de ações) disponíveis.

Além disso, também era para você pesquisar sobre as taxas cobradas e a tal da reciprocidade que o gerente iria te pedir para poder te “passar as melhores taxas do mercado” para seu dinheiro “crescer”.

Se você chegou agora, faça isso antes de continuar a leitura que eu espero…. Anotou tudo? Acredito que sim.

Então vamos a grande conclusão desse post: seu banco não é o melhor lugar para você ter ou guardar seus tão suados reais, que eventualmente sobram no final de cada mês.

As razões são simples e você poderá checa-las nesse vídeo:

Resumindo: gerentes de banco não são especialistas em investimentos, as opções disponíveis nos bancos para investimentos são caras e não garantem retornos tão vantajosos e você não tem muitas opções para escolher.

A saída? Abrir conta numa corretora de valores.

É por meio dessas corretoras de valores que são realizadas as operações de compra e venda de ativos das mais variadas empresas e instituições financeiras tais como ações, fundos de investimento ou previdência privada, entre outros.

Ah… você deve estar se perguntando:

Se já foi difícil escolher um banco para trabalhar imagine então escolher uma boa corretora de valores;

Quem sou eu para aplicar numa corretora de valores: isso é para milionários ou para quem sabe muita matemática

É preciso muito dinheiro para se aplicar numa corretora de valores.

Confesso para vocês que eu também pensava assim quando comecei a escrever essa série para o blog SANTO ANGELO.

Aí conversei com o nosso pessoal do financeiro e fui pesquisar na internet. Existem vários blogs e empresas bem legais dando dicas sobre como escolher uma boa corretora.

Separei esse link  do blog “Investidor de Sucesso” e esse outro  do blog Finanças Forever. Tem também esse da Empíricus.

Agora que você já sabe da importância de escolher uma boa corretora para investir o seu patrimônio, que tal aprender ainda mais sobre a arte de poupar? Confira as dicas do Primo Rico .

Saiba que estes aspectos importantes servem tanto para você que pretende aplicar seu dinheiro em renda fixa, ações ou se decidir aplicar num plano de previdência privada. Nesse último caso, fique esperto com essas dicas:

Prazo de Investimento: Este é um dos principais pontos para quem deseja investir em um fundo de previdência: coloque em mente que este será um investimento a longo prazo e você deve ter disciplina e não o utilizar a curto prazo, pois para dar resultado a permanência e o tempo em si são fundamentais.

Melhores-Investimentos-Financeiros-a-Longo-Prazo-5

Mas, se por alguma eventualidade, a tentação de resgatar o dinheiro aplicado bater na sua porta, lembre-se: você acabará arcando com tributações do Imposto de Renda e o investimento feito não será satisfatório. Então, apenas aplique e deixa o tempo passar.

Taxas administração financeira e carregamento: Os administradores dos fundos de Previdência Privada costumam cobrar dois tipos de taxas. É importante sabermos ao certo os custos desta operação.

A taxa de administração financeira é cobrada para gerir o dinheiro do fundo de investimento e pode variar de acordo com o banco e as condições comerciais estabelecidas no contrato que você assinou. A taxa é cobrada sobre o valor total da reserva e a rentabilidade informada é líquida.

Já a taxa de carregamento, serve basicamente para cobrir despesas de corretagem e administração. Normalmente não ultrapassa 5% do valor sobre cada contribuição. Atente que existem três tipos de taxas de carregamento: antecipada, postecipada e híbrida.

Reputação da Instituição: Dinheiro não é brincadeira, ainda mais em um investimento a longo prazo. Portanto, escolher corretamente a instituição que irá administrar sua previdência é fundamental. Ok, mas como faço isso?

download

Pesquise nos sites de proteção ao crédito do consumidor: “Procon” e “Reclame Aqui” a reputação e comentários sobre a Instituição que administra os diversos tipos de fundos.

Além disso, acompanhe a rentabilidade anual do plano que você escolheu. Assim conseguirá avaliar se os rendimentos estão superando suas expectativas.

Certificação: Não se esqueça de verificar se a corretora escolhida possui a autorização para exercer essa função.

Atendimento de qualidade: Este aspecto também deve ser levado em conta na hora de abrir a sua conta, pois o seu assessor financeiro da corretora escolhida deve estar sempre apto para tirar todas as suas dúvidas e acompanhar de perto seus investimentos.

Claro que não pretendo ir mais fundo nesse tema, mas tenho certeza que agora você vai pensar melhor sobre como preservar melhor seu dinheiro para realizar um sonho ou mesmo garantir um futuro mais tranquilo, sem depender tanto da Previdência Social.

idoso-musicoterapia1

Cada um dos blogs e empresas citadas acima mantem cursos e consultorias para te orientar melhor e especificamente caso a caso. Tudo isso custa, é verdade, mas tem muito material gratuito para quem deseja seguir em frente com mais qualidade de vida financeira, certo?

E aproveitar o tempo para fazer aquilo que mais ama, acertei?

Fazer música sempre será um motivo para você seguir sempre em frente, mas não esqueça: poupar hoje e investir com segurança será a sua melhor composição..

Abraços e até a próxima!

Lygia Teles, é Relações Públicas e especialista em Gestão de Marketing pelo SENAC-SP. Desde janeiro/16 integra a equipe de Marketing e Comunicação da SANTO ANGELO.