Bem-vindo ao blog da Santo Angelo!

Cabos e acessórios SANTO ANGELO é na Music Jungle
Compre já!

Mesas de som – parte 2

16-09-15 Links - Mesa de som 2

Por Sound Cara

Olá pessoal, sou o Rafael Cerqueira, também conhecido como Sound Cara, e estou de volta para continuar meu post anterior “Mesas de som – parte 1” da série sobre Áudio Profissional. Se ainda não o leu, clique aqui para saber sobre os grupos de Pré-amp, Equalização e Auxiliares.

Fader:

Logo no final do painel de cada canal de uma mesa de som, existem os potenciômetros deslizantes de volume, conhecidos como Fader.  Geralmente, também existe uma chave de “Mute” ou ainda as chaves de “On”, “Pan” e mais alguns botõezinhos que vamos entender agora para o que servem.

O Pan é o controle de “L” e “R”, ou seja, com este botão operador, escolhe se deseja enviar o sinal um pouco mais para a esquerda ou para a direita na mix.

O botão “Mute” simplesmente emudece ou corta o sinal. Funciona mais ou menos como o Mute do controle remoto da sua televisão.

O famoso “Fader” é justamente o botão que desliza de baixo para cima controlando o volume daquele canal.

Algumas mesas de som também têm um pequeno LED chamado “Peak” que indica se o canal está clipando (distorcendo, lembra-se?) ou não. Na imagem abaixo, podemos ver também os subgrupos. Aqueles botões 1-2, 3-4 e ST são justamente para onde o operador enviará o sinal. Você pode simplesmente enviar tudo para o ST (que seria o Master da mesa) ou dividir em subgrupos para ter volumes independentes de vocal e instrumental, por exemplo. Colocando todo o vocal no subgrupo 1 e todo o instrumental no subgrupo 2, você tem como manipular o volume daquele grupo inteiro de canais sem precisar alterar de um em um.

Mesa de som 2 - imagem 1

Volumes gerais:

Geralmente localizado do lado direito da mesa, temos os potenciômetros de volumes “Master”, como o “Main LR”, os subgrupos e até os volumes “Master” de cada saída auxiliar. Esses controles são exatamente o que parecem ser, ou seja, o volume geral de cada uma dessas possibilidades. O volume individual de cada subgrupo, do “Main Out” (que é a mixagem principal) e os volumes de cada saída auxiliar (volume geral daquela mixagem).

Mesa de som 2 - imagem 2

Saídas:

Para finalizar, geralmente localizados na parte de trás da mesa de som (às vezes em cima), temos os conectores para os cabos de saída. Nas imagens abaixo, repare no “aux send” e o “stereo out”: são por onde sairá o som de cada uma das mixagens realizadas pelo operador. Dessas saídas, portanto, estão as opções de enviar o som para o monitor de estúdio, crossovers ou amplificadores do PA, amplificador de fones de ouvido, etc.

Mesa de som 2 - imagem 3

Mesa de som 2 - imagem 3 3

Agora que você já sabe para o que serve cada um dos botões, chaves e controles de uma mesa de som analógica, fique ligado que em breve postarei, de maneira mais aprofundada, as formas de utilizar cada uma dessas funções.

Lembro a todos que, além dos meus artigos aqui no blog SANTO ANGELO, também desenvolvo outros temas bem legais no meu canal no YouTube. Dá um pulo lá e confere.

Qualquer comentário ou dúvida, pode deixar um comentário nas redes sociais da SANTO ANGELO ou me passar uma mensagem pelo Facebook do Sound Cara.

Um abraço e até a próxima!