Músico de ponta (no bom e melhor sentido)

por – Isis Mastromano Correia

Você sabe o que são “MOOCS”?

Essa sigla pode separar você de uma enormidade de outros músicos ou estudantes que estão em busca de um lugar ao sol. Os Moocs são os “Cursos On-Line Oferecido em Larga Escala” (em português) e assunto do momento quando o tema é ensino a distância.

Coursera - a plataforma de Moocs mais popular do mundo
Coursera – a plataforma de Moocs mais popular do mundo

O uso das ferramentas on-line para estudar começa a entrar no cotidiano de muitos profissionais e estudantes e, com os Músicos, não pode ser diferente. Aulas de universidades internacionais de ponta, como Yale, Harvard, Princeton, incluindo a brasileira USP e, para músicos, em especial, a Berklee, podem ser assistidas gratuitamente por qualquer pessoa que tenha acesso à internet em sites como EdX, Coursera, Veduca e Udemy.

Conhecimento do laptop pra cabeça!
Conhecimento do laptop pra cabeça!

O Brasil é o segundo país em número de alunos inscritos nos Moocs gratuitos. A ideia dos Moocs é facilitar a conciliação dos estudos com as atividades extra-acadêmicas do aluno. Porém, o ritmo de alguns desses cursos são verdadeiramente intensos, com direto a leitura obrigatória de livros, confecção de trabalhos e “lições de casa” com prazo para entrega e, por isso, não deixam nada a desejar de muito conteúdo que você viria a pagar nas aulas presenciais. Mas, o esforço vale pelo renome das universidades que vão carimbar seu certificado de conclusão – sim, as universidades que oferecem Moocs emitem o documento que cancela a participação do aluno nos cursos.

Uma parceria entre a USP e o portal de vídeo aulas Veduca criou o primeiro site de cursos on-line gratuitos da América Latina que concentra mais de cinco mil aulas avulsas em vídeo e cursos completos de nível superior no modelo Mooc com boa parte do material em Português.

Ambiente de uma sala de aula virtual em um curso da Unesp no Veduca
Ambiente de uma sala de aula virtual em um curso da Unesp no Veduca

No veduca.com.br o Músico, ou candidato à Musico, pode encontrar mais de 30 tipos de vídeo aulas e cursos que percorrem assuntos como “Direito Autoral Aplicado à Música”; “Instrumentos Musicais”, “Cavidades Sonoras”, “Modos Normais”; “Música e Emoção Através dos Tempos”; “Música e Paixão”; “A Transformação dos Jovens Através da Música”; “Confiar nos Músicos”; “Música e Política” e “Movimentos de Vanguarda do Século XX” oferecidos pelo MIT (Massachussets Institute of Tecnology), TeD (Technology, Entertainment, Design) e Unesp (Universidade Estadual de São Paulo). Algumas aulas dos cursos da universidades gringas são legendadas, o que facilita de mais a nossa vida.

No EdX (www.edx.org) estão concentrados quatro cursos voltados aos Músicos: “Tecnologia de Gravação Vocal” e “Introdução aos Negócios da Música” (oferecidos pela Berklee), “Apreciação de Jazz” e “Música no Século XXI”, da Universidade de Utah.

No site Udemy (www.udemy.com) o estudante tem a disposição 144 aulas de “Violão”, “Piano”, “Teoria Musical”, “Improvisação”, “Produção Musical” e “Djing”. A diferença do Udemy para os demais sites de Moocs é que boa parte do conteúdo é paga, porém, os preços são bastante acessíveis e giram em torno de R$ 10 a R$ 50. Outra diferença é que as aulas são gerenciadas por instrutores, sem a chancela das universidades. Há uma seção com cursos gratuitos, mas, não são necessariamente sobre Música embora muitos, como os de Marketing, possam ajudar a fortalecer a carreira do profissional do som.

Por último, o mais popular dos sites de Moocs, o Coursera (www.coursera.org) congrega 27 cursos e especializações oferecidos pela Berklee como “Musica Moderna”; “Improvisação no Jazz”; “Introdução à Guitarra”; “Composição de canções”; “Produção Musical e Musicalidade”.

Outras instituições colocam seus cursos à disposição do Músico no Coursera como a Universidade de Rochester e seus “A História do Rock” e “A Música dos Beatles” (os cursos mais legais e diferentes!). A Universidade da Carolina do Norte oferece “Princípios para Ensaios de Grupos”, a Universidade de Edimburgo o “Fundamentos da Teoria Musical” e a Universidade Emory o “Introdução ao Design Sonoro”. Ah sim: tudo de graça, mas, tem de estar com o inglês minimamente em dia.

E ai, está a fim de encarar a vida acadêmica? Já cursou algum curso nessas novas plataformas digitais?

Conte para nós sua experiência e até o próximo post!