Bem-vindo ao blog da Santo Angelo!

Cabos e acessórios SANTO ANGELO tem na Music Jungle
Compre já!

Não gosta das câmeras dos celulares? Então leia esse post.

por Dan Hisa

Continuando nosso o tema sobre como melhorar suas fotografias e filmagens (para que mais pessoas tenham uma boa imagem de você) e sobre “Marketing pessoal em tempos de internet”, vamos abordar o assunto “câmeras digitais”. O intuito da equipe SANTO ANGELO é ajudá-lo a escolher o equipamento que mais se encaixe no seu orçamento e que atenda as necessidades de mais Qualidade nas suas postagens em redes sociais. Como já falamos não adianta você tocar pra caramba, se as suas fotos e vídeos não transmitem seu talento e profissionalismo.

Com a tecnologia disponível atualmente, as câmeras digitais tanto fotografam como filmam. E como você está empenhando em tornar sua imagem cada vez melhor, vamos falar sobre os tipos e os prós/contras de cada uma delas.

Evolução

Se você acha que é só correr no seu site de compras online favorito e comprar a câmera, tome cuidado. Ela pode não atender os requisitos que você quer ou necessita. Pior ainda: você pode até gastar até mais do que precisa, dependendo dos resultados que procura.

A outra verdade a ser seguida é que não existe a câmera perfeita. Como mencionamos anteriormente, os avanços tecnológicos constantes podem fazer com que seu equipamento torne-se obsoleto em questão de semanas.

Resumindo: só adquira lançamentos se o preço for justo e for realmente algo que você precise, tanto agora como no futuro.

Existem 4 tipos de câmeras digitais circulando no mercado atualmente: as Compactas, Superzoom (ou bridge), Mirrorless e DSLR. Entenda as diferenças:

Compactas

Compacta

Pequenas, fáceis de mexer e se ajustam automaticamente quanto às configurações e foco (entre os profissionais do ramo, é conhecida como “point-n-shot”, apontar e clicar, em tradução livre). Nessa categoria ainda temos as super compactas, que são menores ainda e, às vezes, oferecem uns recursos interessantes (como ser à prova d’agua) e as compactas avançadas, que contam com recursos semelhantes às câmeras profissionais (bom desempenho no escuro, com vídeos e velocidade mais rápida do obturador).

Portabilidade, praticidade e bom custo benefício são seus atrativos. São tantas opções nessa categoria que você consegue até se perder, mas priorize as funcionalidades que você procura tais como resolução, estabilidade e anti-shock.

Superzoom

Super Zoom

Ela parece PRO, mas não chega a tanto. Com mais recursos que as compactas, contam com zoom melhor e alguns ajustes manuais (como velocidade e sensibilidade). As lentes são fixas, o que faz necessário uma adaptação para fotos diferenciadas (como exemplo, transformar a lente em uma “olho de peixe). Como a abertura da lente também é limitada, oferecem uma performance mediana em lugares com pouca luz.

Portabilidade não é seu ponto forte (são maiores que as compactas e menores que as profissionais), mas sua resolução melhor, zoom e preço acessível somam pontos positivos. Se ultrapassar o preço de uma profissional (mesmo que um modelo de entrada), recomendamos que avalie bem (afinal, gastar mais por um equipamento inferior, às vezes não vale a pena).

Mirrorless

Mirrorless

Traduzindo o nome, as câmeras “sem espelho” não possuem o espelho que manda a imagem a ser fotografada para o “viewfinder” (o lugar que você olhava a foto nas câmeras mais antigas). Sem isso, você não consegue ver exatamente o que a lente focaliza. Entretanto isso nem sempre é necessário, pois o monitor de LCD está lá para te ajudar.

A vantagem disso é que quando não existe o espelho, a mecanismo da câmera facilita a chegada da imagem no sensor. Em câmeras com viewfinder, o espelho precisa levantar o que pode fazer com que sua foto saia microscopicamente tremida. Além disso, como o equipamento tem menos componentes, ele acaba sendo mais barato e fica menor. Essa categoria também oferece ajustes manuais e possibilidade de troca de lente. Não são tão baratas assim, mas podem valer a pena dependendo do que você procura.

DSLR

DSLR

A sigla é formada pelo “D” de digital e o “SLR” que quer dizer “Single Lens Reflex” (ou Reflexo de uma Única Lente, em tradução livre). Parece complicado, mas não é. Basicamente, você verá no viewfinder e no monitor de LCD exatamente o que a lente está capturando.

Elas são bem grandes, mas oferecem muitas funcionalidades e qualidade superior, sendo que as mais novas ultrapassam a casa dos 50 megapixels. São indicadas para quem quer realmente ingressar profissionalmente no mundo da fotografia (apesar de filmarem também). E se engana quem acha que essas câmeras são as que “trocam as lentes”. Temos exemplos de modelos Superzoom ou Mirrorless que tem o sistema intercambiável de lentes.

Mais caras, porém, um investimento interessante se você pensar o quanto pode fazer com ela (fotos e vídeos com uma cara mais profissional).

Além dessas categorias, existem outras opções que podem oferecer diversos recursos extras como, por exemplo, a câmera de ação, ótima para filmagens em movimento e esportes radicais (a GoPro pode ser considerada uma câmera de ação); recursos 3D (que sobrepõe duas ou mais imagens para dar o efeito de profundidade e podem ter até duas lentes); ser multifoco (você consegue definir qual é a distância que vai focar, deixando o resto meio “embaçado”), entre outras possibilidades.


Uma dica pratica é fazê-lo pensar sobre as finalidades e usos dos equipamentos que pretende comprar. Por exemplo, se você for fazer vídeo aulas em um homestudio, ao invés de comprar uma câmera top, porque não comprar duas intermediárias para deixar suas videoaulas bem mais interessantes e bem trabalhadas, com imagens de duas câmeras?

Pesquise também sobre acessórios que podem facilitar a sua vida de fotógrafo/cinegrafista, como tripés, iluminação e até outras lentes (caso sua câmera ofereça o recurso de troca). O importante é a sua imagem ficar bonita para o seu público.

Acessórios

Tem algum item importante que não comentamos e que você sabe ou gostaria de incluir nesse post? Escreva pra gente, comentando ou sugerindo outras dicas para que todos possamos aprender e evoluir juntos.

E continuem nos acompanhando no Youtube, Facebook e Instagram.

Até a próxima.