Bem-vindo ao blog da Santo Angelo!

Cabos e acessórios SANTO ANGELO tem na Music Jungle
Compre já!

O que você faria se ganhasse muito dinheiro?

Cash 1

Olá pessoal. Hoje vou mexer com o imaginário de vocês e preciso que não estabeleçam um limite para essa quantidade de grana. Se acaso qualquer um de vocês tiver um limite, vamos dobrar esse valor para efeito do nosso estudo.

Assim, deixando as brincadeiras ou comparações com o atual cenário político nacional e descobertas da Lava Jato de lado, façamos agora um exercício de imaginação:

2016-04-08 - 001

Pense o seguinte: você tem acesso (por mérito, por prêmio ou por herança) a uma quantidade de dinheiro que não se pode imaginar (milhões, bilhões, zilhões ou mais). Seu nome passa a figurar entre os 500 mais ricos da Forbes (revista internacional de economia e negócios), ou seja, você pode ter tudo e fazer (dentro das leis) o que quiser.

O que você faria?

É até difícil imaginar assim do nada, pois vivemos, na maioria do tempo, em situações que precisamos “contar moedas” para atingir um objetivo de comprar um simples pedal de Distorção. É necessário um exercício focado em planejamento (que já falamos em uma série de posts em 2014), muita paciência e esforço.

Mas nesse momento, como imaginado, você está acima disso. O céu (ou o espaço, por que não?) é o limite. Como músico, seus anseios e desejos podem ser bem diferentes das pessoas não tão ligadas às artes.

Conhecemos alguns casos de músicos no mundo que usaram seu dinheiro única e exclusivamente para ter certos luxos, como é o caso da banda britânica “Iron Maiden”. É tanto dinheiro que eles adquiriram um Boeing 747-400 em 2008, custando em média U$ 244 milhões (quase R$ 900 milhões nos dias de hoje) e batizado de Ed Force One. O piloto: o vocalista Bruce Dickinson. Sabe quem também tem um avião (não é nenhum Boeing): Gusttavo Lima, cantor de sertanejo.

2016-04-08 - 002

No início de 2016, Bruce adquiriu mais um avião e pretende começar a operar sua apropria empresa aérea. Apesar dos milhões, ele ainda mostra vontade de empreender.

Diferente de um dos maiores vocalistas de rock de todos os tempos. Freddie Mercury usou e abusou de seu dinheiro. Festas regadas a luxos e estranhezas (uma das mais lembradas custou mais de 1 milhão de dólares na época) e drogas em quantidades anormais. Sabemos todos o destino que ele teve.

E tem muito mais.

A cantora Pink contratou 70 músicos para tocar no funeral de seu cachorro. Michael Jackson tinha um Zoológico em casa. Liza Minelli (cantora da década de 60) gastou míseros U$ 6,8 milhões em seu casamento (e se divorciou 5 anos depois).

2016-04-08 - 003

Apesar das excentricidades, temos alguns artistas que utilizam de seu dinheiro em causas humanitárias, como é o caso de Bono Vox, do U2. Parte do dinheiro, que ele ganha nas turnês da banda, é convertido em causas como erradicação da AIDS e da fome em países subdesenvolvidos.

Ou seja, tem muita coisa a se fazer. E nisso entram seus desejos.

Será que ter o setup dos sonhos é o suficiente? Você usaria com intuitos individuais ou investiria no coletivo? Sairia viajando sem destino? Compraria imóveis em vários lugares? Tudo isso viria no impulso.

Entendemos isso. A geração de hoje precisa do agora, viver o momento. A vida é curta para não se fazer o que quer.

2016-04-08 - 004

Mesmo assim, é interessante pensar no longo prazo, planejar, estudar (imagine visitar um país como a Turquia sem saber nada da língua e cultura do local) e ter em mente os objetivos bem traçados, mesmo que sabendo que não precisará de nenhum esforço econômico para realiza-los.

Pronto para nos dar uma resposta sobre o que faria se grana não fosse problema?

Acompanhe em nossas mídias sociais esse tema. Vamos continuar com ele, dando visões diferentes e possibilidades para se conquistar algo que não seja efêmero e possa caber no seu bolso, fazer parte do seu projeto de Vida sem nunca deixar a música de lado.

Comente e participe porque vai ser legal conhecer sua opinião.

Até a próxima.

Dan Souza é CMO, Relações Artísticas, fissurado em tecnologia e música, além de baixista nas horas vagas e apaixonado por Publicidade, Propaganda, Literatura e Filosofia. Formado em Marketing pela UNINOVE/SP, faz parte, desde 2013, da equipe de Marketing SANTO ANGELO.