Bem-vindo ao blog da Santo Angelo!

Cabos e acessórios SANTO ANGELO tem na Music Jungle
Compre já!

Quer empreender? Evite esses erros!

Alvo 1

No meu post anterior (clique aqui se não leu ) falei sobre habilidades e a importância de seguir seus sonhos para empreender.

Entretanto, mesmo desenvolvendo todas as habilidades essenciais de um empreendedor, muitos ainda cometem erros comuns para lá de conhecidos pelos brasileiros e amplamente divulgados nos meios de comunicação.

Eu mesma selecionei um desses artigos, publicado pela revista Exame em 2016, para você estudar e baixar o ebook do SEBRAE que está no final. Anote o link.

Entretanto, por mais que se conheça os erros já cometidos, sabemos que não existe uma fórmula mágica para o Sucesso dos negócios, mas podemos SIM aprender com quem errou, cada um vai trilhando o seu caminho a partir desse conhecimento.

O blog SANTO ANGELO tem publicado uma série de entrevistas e posts com músicos que se estabeleceram com suas escolas de Música. Todos eles relataram dificuldades no começo, vencidas com muita determinação.

Portando, lembre-se que erros certamente vão aparecer quando você estiver começando. Entretanto, essas dificuldades servem para nos mostrar caminho certo, mesmo que muitas vezes possam prejudicar ou retardar o planejamento geral do negócio.

Por isso, quanto mais erros você puder evitar como empreendedor iniciante, melhor e mais rápido conseguirá atingir o patamar que estabeleceu antes.

Como eu converso com muitos empreendedores musicais e de todos os setores, fiz um pequeno resumo dos erros que eles gostariam de ter evitado.

Curioso para saber que erros são esses e não os cometer? Vamos nessa!

Não conhecer sobre gestão: ser um bom professor e excelente músico é importante, pois é a área onde irá atuar, mas ainda não é suficiente. Segundo pesquisas do SEBRAE, a maioria das micro e pequenas empresas no país que encerram suas atividades falha devido à má administração.

A falta de conhecimento básico sobre gestão afeta a saúde de qualquer negócio, principalmente aqueles ligados à Música, onde poucos empreendedores têm (ou não querem ter) noção financeira de um negócio.

Por isso, você precisa levar essa tarefa a sério, estudando e se informando sobre o assunto, mas também contando com a ajuda de cursos básicos como aquele ebook que falei para baixar no 3º parágrafo. Você fez o download?

Viu como tenho razão quando digo que pouca gente se interessa por assuntos ligados à administração? Mas relaxe que você não é o único. Mude isso.

Não ter um plano de negócios: Embora seja considerado por muitos um artigo de luxo (e portanto dispensável), o Plano de Negócios é uma ferramenta importante para quem está dando os primeiros passos porque será um guia seguro para tocar o negócio de forma segura, seguindo todos os procedimentos estabelecidos.

 download

Além disso, o plano demonstra organização financeira e, se estiver em busca de investimentos de outros sócios para abrir ou ampliar o seu negócio, ter um plano bem escrito e detalhado será fundamental nesse processo. Vai que você queira expor seu negócio no Shark Tank Brasil?

No blog SANTO ANGELO tem vários posts sobre ferramentas utilizadas nos Planos de Negócios, como por exemplo a matriz SWOT  e o método CANVAS. Com certeza uma delas serve para começar.

Ainda está com dúvidas? Clique aqui para aprender mais sobre como montar um Plano de Negócios mais geral: 

Trabalhar na informalidade: Atuar na informalidade para não pagar impostos é uma roubada e pode gerar muita dor de cabeça. Já falamos também no blog como é simples regularizar a sua situação e escolher a melhor opção para o seu momento atual MEI ou Simples Nacional, reveja aqui.

Essa condição (ilegal) pode estagnar o seu negócio e criar barreiras na hora de emitir nota fiscal ou negociar um empréstimo com bancos. Além disso, a formalização de um negócio é essencial por assegurar sua aposentadoria social no futuro.

Misturar as finanças pessoais com a do negócio: erro comum entre muitos empreendedores. A confusão é o começo da má gestão. A falta de uma divisão definida entre o pessoal e o empresarial faz com que o dono ou os sócios utilizem o dinheiro da empresa sem o devido cuidado, colocando em risco a saúde financeira do negócio.

fp-opt

Sem uma separação clara entre as despesas pessoais e as contas da empresa, é fácil perder o controle e cometer erros que ameaçam a sobrevivência do negócio.

Esquecer do marketing e divulgação: Quando você decide abrir uma empresa, mesmo sendo aulas no seu próprio quarto ou por Skype, precisa utilizar estratégias de comunicação para alcançar seu aluno ou cliente e divulgar cada vez mais o seu trabalho.

 download (1)

Crie, por exemplo, perfis próprios (do negócio, claro) nas redes sociais ou um site para ser facilmente encontrado pelos potenciais alunos e parceiros.

Não possuir um planejamento: Todo o empreendedor que deseja ver sua empresa crescer precisa ter um planejamento estratégico que demonstre aonde pretende chegar. Note que escrevi aonde no sentido de tempo e não onde, no sentido de localização. Ou seja, quantos alunos, quantos professores, outros cursos de aprendizado musical, etc… você pretende atingir com seu negócio e, claro, onde a escola (ou escolas) será localizada.

Além desse planejamento estratégico, outro aliado para o sucesso do negócio é o planejamento financeiro. Acesse esse link, da consultoria BlueNumbers para entender as diferenças entre esses planos . Aliás, esse consultoria tem várias planilhas gratuitas que podem te ajudar muito em planejamento.

Os planos serão fundamentais para prever receitas, gastos e futuros investimentos. Em tempos de dificuldade, tudo o que puder prevê antes poderá ajudá-lo a tomar decisões importantes para conter custos.

Existem bons exemplos no business mundial e um deles é o bilionário britânico Richard Branson, que construiu um verdadeiro império e que esteve no Brasil recentemente. A estratégia dele para empreender é bem diferente, porque gasta 80% da sua receita com causas que acredita. Saiba mais dessa passagem pelo nosso país, acessando esse link.

Quer saber a história de um empreendedor brasileiro excepcional, que ao contrário de muitos conhecidos (e crescidos à boas doses de empréstimos do BNDES na veia) pagou todos os credores quando seu império quebrou? Conheça a história de Irineu Evangelista de Souza, o Barão e depois Visconde de Mauá, começando por aqui 

MauaRevistaEmpresario

Resumindo: certas estratégias podem funcionar para um tipo de negócio / empreendedor e fracassar totalmente em outro ramo. Por isso, aprenda com os erros comuns dos outros mencionados nesse post, mas não tenha medo de enfrentar os próprios erros.

Como a pressão sobre o Carbono cria os diamantes, os erros cometidos na vivência prática do seu negócio vão torna-lo um empresário mais preparado para enfrentar novos desafios.

Abraços e até a próxima!

Lygia Teles, é Relações Públicas e especialista em Gestão de Marketing pelo SENAC-SP. Desde janeiro/16 integra a equipe de Marketing e Comunicação da SANTO ANGELO