Bem-vindo ao blog da Santo Angelo!

Cabos e acessórios SANTO ANGELO tem na Music Jungle
Compre já!

Quer empreender? Tudo bem, mas tome esses cuidados!

Ideia 1

Olá pessoal, tudo bem?

Você já deve ter lindo vários posts já publicados aqui no blog sobre como músicos como você fizeram seus negócios de educação prosperarem. Se ainda não teve oportunidade de ler, conheça as histórias do Mauricio Alabama do Luciano Macedo , do Alex Martinho e a do Mateus Starling.

Entretanto, a vida deles e de milhares de empreendedores brasileiros não foi, não é e nunca será nada fácil no Brasil, apesar de toda a força de superação que eles contam ter sido fundamental para quem deseja se aventurar na vida de empreendedor.

Você, que sempre quis ser seu próprio patrão, já pensou se o empreendedorismo é realmente a sua praia? E se existirem outras características ou premissas fundamentais para quem deseja dar este passo em busca do sucesso?

images

A ideia com este post é fazer você refletir e buscar o melhor caminho de acordo com seu perfil psicológico e os próprios objetivos a serem alcançados.

A grande questão é: Quais características são fundamentais na vida de um empreendedor?

Em primeiro lugar, tenha em mente que não existe idade para empreender, mas fundar um negócio pode ser algo complexo e que exigirá determinados conhecimentos bem diferentes daqueles que você atualmente domina. Além disso, considere que nem sempre ter uma boa ideia será suficiente para gerir um negócio relevante.

Sabemos que algumas habilidades não são inatas e podemos desenvolve-las ao longo dos anos.

maxresdefault

Entretanto, este é um bom momento para avaliar. Faça um exercício e veja o que ainda precisa lapidar considerando os temas abaixo:

Proatividade: buscar a constante atualização e estar atento a tudo que acontece no mercado em que atua. Por exemplo, no mercado da música, você se atualiza constantemente com as novas tecnologias e participa das feiras do setor?

Iniciativa: estar sempre à frente, sugerindo e pensando em novas melhorias no que atualmente existe. Essa característica será muito útil no futuro no trato com alunos, clientes e consumidores.

Perseverança: sabemos que empreender no Brasil não é fácil e os primeiros cinco anos são cruciais para a sobrevivência de qualquer negócio. Por isso, nada de largar o barco no meio do caminho. Você consegue trabalhar com afinco para alcançar bons resultados, mesmo com muita gente torcendo contra?

Coragem para correr riscos: arriscar-se faz parte do ato de empreender. Alguns consultores ressaltam que correr riscos é diferente de correr perigo. O empreendedor corre perigo quando não está munido de informações suficientes para tomar uma decisão. Por isso, estar sempre atento aos cenários internos e externos é essencial.

Planejamento: é importante participar de eventos e feiras relacionados ao seu setor e criar um planejamento estratégico com metas e objetivos a curto, médio e longo prazo. A gente já falou aqui no blog sobre Network  para você se lembrar que ambientes informais ajudam a formar bons contatos.

aula-empreendedorismo-30-728

Networking: E já que falamos em contatos, segue uma dica do que você não deve fazer quando o assunto é Network . Ou seja, um empreendedor deve ser o líder na sua empresa. Ele deve ser um bom ouvinte e deve saber estimular permanentemente a equipe, motivá-la e a manter comprometida todo o tempo.

Eficiência e qualidade: as pequenas empresas dispõem de menos recursos, então precisam garantir que eles sejam bem aproveitados. É preciso conquistar o cliente, o público alvo e direcionar os esforços.

Assustado com este conjunto de habilidades?

É para ficar mesmo. Segundo dados feitos em 2016 pelo SEBRAE e Instituto Brasileiro da Qualidade e de Produtividade, existaim no Brasil 48 milhões de donos de empresas e desse total, 44% entraram no mundo empresarial por necessidade e não por vocação.

Pior: sete entre dez empreendedores recebem no máximo três salários mínimos (R$2,8 mil) mensalmente, fazendo que os especialistas definam esse grupo como empreendedorismo de subsistência.

Não queremos que você faça parte desse time e por isso recomendamos a leitura desse link, uma vez que 50% das pessoas que iniciaram um negócio em 2016 tinham entre 18 e 34 anos.

O dia a dia do músico, assim como, de um empreendedor exige estudo, preparação, criatividade, inovação e muita resiliência. Bastante coisa incomum, não acha?

A confiança que você utiliza para subir ao palco e apresentar o seu melhor será a mesma utilizada para superar os desafios empresariais que surgirão durante sua jornada.

É dificil? Com certeza, mas se os músicos que citei acima conseguiram o seu lugar ao sol, por que você não pode conseguir também?

Abraços e até a próxima!

Lygia Teles, é Relações Públicas e especialista em Gestão de Marketing pelo SENAC-SP. Desde janeiro/16 integra a equipe de Marketing e Comunicação da SANTO ANGELO.