Regulagem de Pontes Fixas

2015-12-16 - FB

por Dr. Alexandre Berni

Olá pessoal, tudo bem? Voltando a abordar o tema sobre “guitar parts” (que o pessoal gosta tanto), gostaria de escrever brevemente sobre as Pontes Fixas, tão comuns nas guitarras que estão ai no mercado, cuja regulagem não difere muito das pontes com Tremulo (alavanca de Stratocaster) quando se trata da altura das cordas e da correção das oitavas. Lembrando que esse tipo de conhecimento deve te ajudar muito e seus amigos que tocam, não esqueça de compartilhar (é rápido e a galera vai curtir).

No entanto, os detalhes de regulagem das pontes com tremulo tipo Floyd Rose, serão explicados em um próximo post exclusivo.

Eu sempre aconselho aos meus amigos para “travarem” as pontes de guitarras modelo “Stratocaster” com tremulo para manter por mais tempo a afinação, uma vez que os modelos de pontes que equipam estes modelos desajustam-se com a execução.  Quero deixar aqui a minha opinião de que quando um solo precisa do movimento de tremulo, eu prefiro usar uma guitarra com ponte tipo Floyd Rose, uma vez que mantém com mais fidelidade a afinação após as seguidas “alavancadas”.

2015-12-16 - 001

Na foto acima, a Stratocaster vermelha está com a ponte travada. Como fazer isso? Apenas aperte os parafusos das molas que ficam atrás da guitarra e os parafusos da ponte até a imobilidade completa da ponte.

Nas pontes fixas simplesmente devemos regular a altura das cordas e as oitavas. O material a ser utilizado é extremamente fácil de encontrar e manter: chave sextavada tipo Allen, chaves de fenda e tipo Philips, sem esquecer também de um bom afinador, como o AMT-530 da SANTO ANGELO.

2015-12-16 - 002

Para acertar a altura das cordas devemos lembrar que a escala da guitarra não é exatamente retilínea na grande maioria das guitarras, por isso os “carrinhos” da ponte da Stratocaster não ficarão todos na mesma altura. Existem algumas pontes sem “carrinhos” que já apresentam esta curvatura normalmente de fábrica. Para acertar a altura das cordas, você pode fazer de duas formas: com auxilio de uma ferramenta de aferição específica, como a da foto abaixo, ou com o auxilio do famoso “olhômetro”, método que particularmente é o meu preferido, para o acerto da altura usamos a chave Allen.

2015-12-16 - 003

Para acertarmos as oitavas usamos chave Philips. Devemos iniciar afinando a corda solta e imediatamente apertar a mesma corda na 12º casa, verificando novamente no afinador se nos mostra a mesma nota. Se a nota estiver acima, você pode começar apertando o parafuso e, se estiver abaixo, você poderá ir soltando o parafuso até alcançar a mesma nota da corda solta. Lembrando: sempre girando o parafuso ¼ de volta de cada vez.

2015-12-16 - 004

As pontes tipo Tune-o-Matic são mais fácies de regular, porque temos apenas os dois parafusos para a altura da ponte de cada lado e não individualmente como nos modelos Stratocaster. Entretanto, para acertamos as oitavas, devemos ajustar um parafuso por corda. Para tanto, repetiremos o mesmo processo de conferencia das oitavas como citado acima para as pontes dos modelos Stratocaster.

2015-12-16 - 005

Existe uma particularidade em um tipo de ponte comum na guitarra da Gibson e em muitas guitarras PRS (vide meu post sobre a visita que fiz no estande da Paul Reed Smith na NAMM 2013) que tem um desenho pré-definido das oitavas e, de modo geral, apenas deslocamos a ponte para frente ou para trás como na figura abaixo e acertaremos as oitavas. A regulagem de altura é da mesma forma que as pontes Tune-o-Matic.

2015-12-16 - 006

Bem pessoal, existem muito mais outros detalhes sobre pontes de guitarras e suas regulagens, mas eu sugeriria que vocês treinassem tudo o que foi explicado neste “post” e deixassem que as eventuais dúvidas surgissem, lembrando que estou sempre de “plantão” para esclarecê-las. E caso queira se aprofundar mais nesses assuntos, baixe gratuitamente o ebook “A Saúde da Guitarra” e aproveite os conhecimentos do blog.

Um grande abraço e até o próximo post.