Bem-vindo ao blog da Santo Angelo!

Cabos e acessórios SANTO ANGELO tem na Music Jungle
Compre já!

Sim, todos podem!

Por Isis Mastromano Correia

Como falamos no último post, a Música na maturidade não se presta ao serviço de formar um músico e performer profissional. Quem confirma isso é o guitarrista e professor Marcelo Naudi, 42 anos, 29 deles dedicados à Música e 25 ao ensino da guitarra. Muita gente acima dos 55 anos passou por suas mãos com a intenção de se divertir! E isso é o máximo, você não acha?

Marcelo Naudi ajuda os mais maduros na musicalização

A Música a serviço do prazer e das conquistas pessoais é a grande sacada de quem procura aprender a tocar um instrumento depois que os compromissos burocráticos da Vida, como a competição no trabalho e a criação dos filhos passaram.

As teses que envolvem atividades musicais com idosos concentram-se nas áreas de Psicologia, Gerontologia e Ciências Sociais, onde o objetivo predominante é verificar os efeitos da Música nos maduros: melhorias na coordenação motora, na condição mental, esquemas de aprendizagem e socialização.

Socialização é um dos benefícios da musicalização na maturidade

Agora, já parou para pensar que a maioria dos nossos grandes ídolos da Música já estão na maturidade e esbanjam energia? Dirão um Eric Clapton ou um Glenn Tipton que a Música é o elixir do vigor?

Glenn Tipton, guitarrista do Judas Priest, de 65 anos

Hoje, os mais maduros buscam a Música nem que para isso tenham de superar obstáculos, como o uso das ferramentas modernas de ensino, todas elas ligadas basicamente a internet. Como já falamos aqui, a Educação Musical pela web cresce e vem sendo a escolha-ouro de quem quer se musicalizar graças a facilidade de acesso e o total controle sobre o tempo a ser disposto na atividade (relembre o assunto aqui http://blog.santoangelo.com.br/?s=skype)

Tudo pela guitarra

Veja que exemplo legal. A internet não era lá das coisas mais familiares na vida de um certo médico de 60 anos de Pelotas, no interior do Rio Grande de Sul. Mas, mesmo assim um dia, em suas andanças pela rede mundial de computadores, encontrou o professor Marcelo Naudi, de São Paulo, pelo YouTube.

Naudi ministra aulas dedicadas pela web há seis anos e é uma das referências atuais do ensino à distância da guitarra. Seu canal Youtube tem em média 4.000 visualizações diárias. No total, já são mais de 5,3  milhões desde a inauguração do canal em 2007 (saiba mais em http://www.youtube.com/user/MarceloNaudi)

Nunca ter pegado uma guitarra na mão também foi mero detalhe para o maduro principiante! Naudi conta que esse aluno superou todas as limitações pessoais e segue adiante no aprendizado. Está na 133ª lição, todas via web!

“Ele começou o curso do zero e acabou virando um grande amigo”, conta o guitarrista. “Ele não sabia nada de internet direito, ainda hoje briga um pouquinho com o Skype, mas não tem vergonha de perguntar o que não sabe, coisa comum em pessoas de mais idade que já lecionei”, explica.

Naudi afirma que já teve mais alunos acima dos 55 anos e que, em parte dos casos, a grande missão do professor é ser paciente e gentil, pois, muitos alunos não aceitam receber informações de alguém mais novo e ainda por cima em um assunto do qual não tinham a menor idéia.

Entretanto, há as exceções, que encaram o desafio do aprendizado musical como algo natural. A vergonha não existe quando a pessoa procura a Música como um hobby.

Se o guitarrista Marcelo Naudi e outros professores do Século XXI fazem isso com os mais maduros, quem dirá com você que está ai às voltas com a guitarra, jovem, antenado com as redes sociais, mas, cheio de desavenças com o instrumento?

Na semana que vem iniciaremos uma série de posts falando desses professores modernos e começaremos destrinchando os métodos de Marcelo Naudi e mais uma vez, com uma surpresa especial para todos os inscritos no blog até o final do mês de agosto!

Não perca e até lá!

Nota da SANTO ANGELO

Em 2011 durante o Concurso Vintage Times, promovido pela empresa, tivemos a participação espetacular da dupla “Duodeno Nono Neto” que até hoje nos impressiona pela criatividade. Confiram: