TROCANDO CAPTADORES

Este post vai trazer por escrito as informações que já passei para alguns de vocês através do vídeo.


No entanto, atendendo a solicitações  enviadas para o Blog, resolvi mostrar outros detalhes que não foram revelados.

Aprendi trocar captadores e potenciômetros, usando a técnica de “Copia e Cola” ou para os mais “informáticos” Ctrl C/ Ctrl V. Nada mais é do que desmontarmos com cuidado uma guitarra e seguirmos os caminhos dos fios para repor componentes ou trocá-los por melhores. Tem sempre alguém perguntando o motivo pelo qual eu e muitos outros fazem a troca de captadores e demais acessórios de uma guitarra. A resposta é simples e todo guitarrista ou aprendiz sabe responder: “Quero buscar meu próprio timbre”. Assim, o conjunto final “timbre próprio” será alcançado através da experiência com as variáveis:

Timbre próprio = Gosto Pessoal + Minha Habilidade (“Pegada”) + Cordas  + Captadores + Potenciômetros e chaves + Madeiras + Cabos + Pedais/Pedaleiras + Amplificador.

Se quisermos todos estes itens de boa qualidade, significa que muito dinheiro será gasto ou investido. Infelizmente, no Brasil, é isso mesmo. Um dos motivos que me fizeram admirar a SANTO ANGELO é a proposta deles em ajudar os músicos oferecendo os itens acima a um preço mais justo. E se mais empresas não pensarem assim, logo mais teremos que sair em passeatas pedindo menos impostos sobre instrumentos musicais e melhores condições de ensino  musical nas escolas.

Retomando a proposta do post, vamos juntos retirar o escudo de qualquer guitarra stratoaster de origem asiática disponíveis nas lojas de instrumentos musicais no Brasil:

Escudo Guitarra

Na parte de trás do escudo encontraremos uma combinação de captadores cerâmicos chamada HSS, ou seja um humbucker na ponte e captadores singles no meio e neck (braço). A chave e os potenciômetros, apesar de funcionarem, não apresentam uma boa qualidade porque “roubam” parte do sinal. Por exemplo, confirme se os potenciômetros não são de 250 kΩ e em uma guitarra com captador duplo ( humbucker ) quando o certo seriam de 500 KΩ.

Captadores

Iniciaremos soltando os captadores e os materiais estão na figura abaixo:

materiais para regulagem

Soltando os captadores originais:

retirando os captadores

 

Captadores Originais retirados

Em seguida vamos nos familiarizar com os componentes:

Componentes
Componentes II

Agora vou separar os componentes para substituir nesta guitarra. Eu escolhi os captadores SANTO ANGELO  HDistortion para a ponte e os singles Stexas para o meio e o neck. Escolhi também a chave de 5 posições, potenciômetros de 500 kΩ e os Knobs da mesma marca porque possuem  melhor desempenho e acabamento superior aos originais desta guitarra.

Guitar Parts Santo Angelo

Após soltarmos os parafusos dos captadores antigos, colocaremos no mesmo lugar os novos captadores. Note que ainda não “desoldei” (tirar a solda) de nenhum deles :

Captadores e Potenciômetros Santo Angelo
Captadores Parafusados

Após aparafusar os novos captadores, repetiremos o processo com a chave de posições e os potenciômetros:

Chave Seletora Antiga

 

Retirando Potenciômetros

 

Parte Elétrica Retirada

Notou que com toda a parte elétrica solta da guitarra, fica mais fácil trocar os componentes?

Elétrica do Escudo Retirado

Agora iremos “peça a peça” trocando com muito cuidado para não retirarmos os fios e esquecermos onde cada um deles estava soldado. Note que usei uma ferramenta de altíssima precisão para segurar os potenciômetros, que você também pode encontrar na lavanderia da sua casa.Por favor não vão repararem na cor.

Potenciômetros

Aqui já podemos perceber a diferença entre os potenciômetros originais e os da Santo Angelo.

Fios internos

Agora entra a técnica do “Copia e Cola”: tiramos um fio do potenciômetro original e colocamos no outro potenciômetro no mesmo local.

 

Neste ponto, gostaria de responder um comentário postado no vídeo que mencionei no começo deste post. Eu sempre recomendei que vocês comprassem boas ferramentas para fazerem reparos e manutenções em seus instrumentos musicais. Isto não significa que sejam as ferramentas mais caras das lojas ou dos sites online americanos. Nestas operações, estou usando um ferro de solda de 60W de 110V com ponta fina, como vistos nas fotos. A liga de Estanho também é a mais comum encontrada facilmente em quaisquer lojas de material eletrônico ou elétrico da cidade de vocês. No entanto, alerto que pessoas que não tiverem tanta experiência em manusear estas ferramentas ou não quiserem comprá-las nem se arriscarem, é melhor procurar um bom luthier das redondezas para este fazer este serviço.

Fios Internos II

Mas se você é daqueles que solda seus próprios cabos e deseja fazer dar mais um passo em seguir “seus próprios caminhos” sem medo de “queimar os dedos”, vamos em frente. Observem que os fios estão sendo transferidos na mesma posição que estavam no potenciômetro original.

Fios Internos III

Por fim o último fio a ser transferido no potenciômetro de volume foi o fio Terra.

Potenciômetros

Agora o potenciômetro original está completamente solto. Observaram que nesse “Wiring”, o Diagrama ou Esquema dos fios ligados ao potenciômetro de volume eram:

1-    Fio Terra que liga a carcaça dos potenciômetros e outro para a ponte (de cor amarela)

2-    Fio para chave (na cor vermelha)

3-    Fio para o Jack que contem uma malha ligada no terra e um fio da cor branca que é o positivo.

Agora “atacaremos” os potenciômetros para os tones:

Potenciometro Original
Retirando Capacitador

Finalizando com a transferência do capacitor:

Potenciômetros
Capacitador e fios terra

O mesmo procedimento você deve repetir com o Tone 2. Depois disso, iremos transportar os fios da chave de posições que neste modelo de guitarra tem apenas 7 polos na peça original. Mas, como faremos se a chave da serie Guitar Parts SANTO ANGELO, com qualidade visivelmente melhor, apresenta 8 polos? Não se preocupem, porque demonstrarei agora o “pulo do gato” quando você se deparar com esta situação.

Chave Seletora Santo Angelo

Transportaremos inicialmente o fio terra da chave

Terra Chave

Em seguida, o fio que vai para o volume, que na chave original está bem na posição central.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Na chave SANTO ANGELO, considerando este tipo de ligação, você deve soldar o fio que vai para o volume nos dois polos centrais, fazendo um “jump” e deixando sobrar  tres polos para cada lado.

Chave Seletora

Agora vamos transferir os fios que irão para os tones 1 e 2.

Tone 1 e 2

Tone 1.

Tone 1

Tone 2

Tone e Volume

Após estes dois últimos fios soldados estaremos prontos para fixar novamente a chave e os potenciômetros ao escudo para em seguida ligarmos os captadores. A sequência é demonstrada nas fotos abaixo:

Ponte

A fiação da guitarra, após nossas transferências, deve ficar com este aspecto:

Chave Seletora e Potenciômetro

Após voltar as peças ao escudo, vamos começar pela ligação do captador da ponte. Note que o captador apresenta o fio terra soldado na carcaça do potenciômetro e o fio vermelho, que é o fio positivo, será ligado nos pólos da chave. Os fios nas cores Branco e Preto serão ligados juntos e isolados com uma fita isolante para manter as duas bobinas em série. Mais a frente explicaremos essas diferenças.

Ligação Captador de fonte

Lembre-se de soldar no mesmo local que estava o fio da ponte original.

Fio de Ponte

Ligando o Captador do meio

Captador de meio

Agora o último captador do neck.

Captador Neck

Por último os fios terra dos captadores.

Potenciômetro Santo Angelo

Após montarmos o escudo, teremos que soldar o Jack e o fio Terra da ponte. Veja abaixo:

Como soldar um Jack

Serviço Finalizado.

Escudo pronto – Guitar Parts Santo Angelo

Eu tenho que confessar que ficaria com muitas dúvidas se lesse este post pela primeira vez. Por isso, envie-nos suas dúvidas e sugestões para podermos respondê-las  e dividi-las com outros músicos.

Um grande Abraço a todos.

Doutor Santo Angelo

5 comentários em “TROCANDO CAPTADORES

  • 14 de agosto de 2013 em 9:15
    Permalink

    Ae Dr. Voce poderia postar o diagrama de 2 Humbuker e 1 tone por favor???

    Resposta
  • 29 de outubro de 2015 em 22:01
    Permalink

    Gostaria do esquema para a ligação de 2 Humbuckers com 1 volume, 2 tones e 1 Chave seletora 3 posições, igual a mostrada no tutorial acima, com 8 bornes de ligação. Na configuração C. Ponte – C. Ponte + C. Braço – C. Braço.

    Resposta
  • 3 de dezembro de 2015 em 21:50
    Permalink

    Olá, preciso de ajuda!
    Possuo um baixo LUFFING BL140 (Fabricado pelo 90, aqui no RS) ele possui captadores OXLEY (tb artesanais). É um instrumento bem legal até, tem uma história na familia e um valor sentimental. Como caiu nas minhas mãos agora, eu gostaria de dar uma reformada na parte elétrica pois a mesma esta muito feia.

    Seguem alguns detalhes:

    – Ele possui um kit precision e um captador JB.

    – Estava sem os caps precision pois as covers haviam quebrado, logo não sei como religar corretamente.

    – Os captadores precision possuem dois fios e um malha, geralmente não vejo esta malha. Ela vai no aterramento?

    – O JB possuem apenas dois fios, mas terei que restaura estão emendados (horrível!)

    – Possuem um volume e um tome para cada grupo individual (precision e o JB)

    – São 4 potenciômetros de 330K Lineares. Mas vejo os comentários apenas sobre 250K e 500K, por que 330K? Devo manter? Linear ou Logarítmico?

    – O capacitor dos tomes eu creio que seja de 100n x 63v

    – Tb há 2 chaves que servem para ligar/desligar os captadores para funcionarem individualmente ou juntos.

    – Ainda sobre os caps, medi a resistência das bobinas: cada precision possuem uns 6,3K e o JB 12K. O que isso significa?

    Anexei uma imagem para ajudar a entender e ver o estado que está.

    Por favor, seria de grande ajuda se tu conseguir me indicar um diagrama para saber como ligar tudo de uma forma correta.
    Abs.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *