Bem-vindo ao blog da Santo Angelo!

Cabos e acessórios SANTO ANGELO é na Music Jungle
Compre já!

Feira NAMM

Durante mais de 15 anos eu contava os dias até chegar Setembro para ir à São Paulo participar da Expomusic. Era um “pacto de sangue” que fiz com meus amigos músicos e o objetivo era checar as novidades, experimentar guitarras que as lojas não tinham e, quem sabe, conversar com algum dos guitarheros brasileiros de boa vontade. No entanto, como muitos de voces, saia da feira sentindo que faltava alguma coisa. Meu consolo era sonhar que um dia, eu poderia visitar a feira da NAMM que acontece todos os anos na California/EUA.

Eu sabia que não poderia entrar simplesmente comprando um ingresso, pois é uma feira fechada aos associados da NAMM e não aberta ao público em geral, mesmo que sejam musicos profissionais. A credencial de entrada para poucos privilegiados não associados somente é oferecida pelos expositores. Quando comecei a trabalhar com a equipe Santo Angelo de Desenvolvimento de Novos Produtos, em 2011, eles me convidaram para os acompanhar e eu fiquei em estado de “choque” por alguns dias até realmente“cair a ficha” e aceitar quase que de joelhos. E eu fui.

A sigla NAMM quer dizer National Association of Music Merchants, uma associação norte-americana sem fins lucrativos e que promove uma feira internacional para incentivar o mercado mundial de Instrumentos Musicais e acessorios. Fabricas do mundo todo expõe lá, inclusive algumas empresas brasileiras como a SANTO ANGELO. A feira é realizada no Anaheim Convention Center na cidade de Anaheim (cidade da Disneyland) no estado da Califórnia / EUA.

O Convention Center de Anaheim é gigantesco e no ano passado, todos os dias, a organização da feira oferecia um café da manhã aos participantes credenciados por volta das 8:00h em um hotel ao lado da feira. Enquanto as pessoas comiam, acontecia um show e em seguida eram ministradas palestras ligadas ao setor de marketing, vendas e tendencias do mercado. O mais importante que eu aprendi nestas palestras foi que planejar em conjunto, dividir experiências boas (e ruins também) e principalmente compartilhar o conhecimento impulsionam a economia em geral. Este é um exemplo a ser seguido pelas pessoas que pretendem organizar feiras brasilerias.

Palestras e café da manhã encerrados, partimos para o “fight” com a multidão ansiosa para não perder um segundo da feira. A segurança da entrada é rigorosa, com credencias e documentos nas mãos para conferencia senão voce não entra. Quando consegui entrar, senti um “frio no estomago” com o lugar: eu não tinha como imaginar quantas Expomusic cabiam lá dentro. Os 4 dias de feira foram poucos para poder olhar cada novidade, checar os estandes e conversar com os guitarheros mundiais presentes no evento.

Durante estes dias o pavilhão funcionava das 9h às 18h, mas quando os portões se fechavam, começavam as várias “parties” patrocinadas pelas empresas multinacionais nos hoteis, bares e outros palcos alternativos da cidade e pasmem: guitarristas que eu só via na televisão e redes sociais, faziam jam´s tão informalmente que até eu poderia participar. Nem preciso falar que ia dormir todas as noites lá pelas 3 da madrugada.

Falando nesses guitarristas, outro aprendizado que os braisleiros deveriam absorver é não fazer “muvuca” ao redor dos famosos que davam autógrafos e caminhavam pela feira de forma civilizada: Vai, Satriani, Michael Anthony, Phill X, Alice Cooper, John Mayer, Nuno Bettencourt, Joe Bonamassa, Steve Stevens, Vivian Campbell, Mick Thomson e muitos outros estavam lá. Eu cheguei a menos de 1 metro de cada um deles nas mesas de autografos, pude tirar fotos e trocar 5 palavras de maneira muito amistosa e com a fila organizada apenas por um lado dos estandes.

Tenham a certeza de uma coisa: é impossível aproveitar toda a feira, ver completamente os estandes de todos expositores, entrar em todas salas, assistir todas as jam´s e participar de todas as festas. Nem os quenianos, com toda resistência física deles, conseguiriam.

Enfim, saí de lá com vontade de “quero mais” e com certeza vou trazer para voces aqui do blog muitas novidades em primeira mão da NAMM 2013 que acontece de 24 a 27 de janeiro. E você achava que eu ia perder esta?

Meu nome é Alexandre Berni, sou médico cirurgião geral, guitarrista, luthier e consultor de novos produtos, mas voces podem me chamar de Dr. SANTO ANGELO.

 

  • Elton Ramos EFR.

    Parabéns pelo trabalho!!!e pelas informações!!!