Black Friday – Quem sabe faz a hora?

 

Fala meu querido leitor, tudo bem?

Você que acompanha os posts no blog SANTO ANGELO sabe que seguidamente venho tratando de assuntos ligados à Saúde de quem toca um instrumento musical e está exposto às dificuldades dessa atividade, tanto física como mentalmente.

Aliás, esse paradoxo de que a Música sempre faz Bem para os músicos pode se transformar num pesadelo para a Saúde como a nutricionista Arlete Rodrigues tão bem explicou nesse post Somos mais felizes quando comemos corretamente. Se ainda não o leu, recomendo que o faça imediatamente para rever suas convicções sobre alimentação.

E por falar em Paradoxos, hoje vamos interromper um pouco a série sobre Saúde para tratarmos das vendas de Black Friday que acontecem logo mais.

Afinal, aqui no Brasil, temos promoções Black Friday ou Black Fraude?

Por mais que tomemos cuidado, cadastrando-nos em sites confiáveis como esse Black Friday, não é de hoje que vamos alertando nossos leitores a tomarem cuidado com as ofertas tentadoras que sempre aparecem nessa época, como nesse post de 2016 10 dicas de não se dar mal comprando online e que podem se transformar em muita dor de cabeça.

Com certeza, desde então você ficou esperto, acompanhando os preços do que deseja comprar ou acompanha os sites de monitoramento como por exemplo o do TechTudo Black Friday 2018: oito dicas para se organizar e aproveitar a promoção, mas é sempre difícil encontrar comparações quando o produto é instrumento musical.

Por isso, convidamos um dos pioneiros lojistas no comercio brasileiro online (vide música e mercado), o Antenor Grellmann e que hoje trabalha como consultor de e-commerce e marketing para outros varejistas.

Preste atenção, se quiser fazer a sua hora na Black Friday.

Olá, galera da SANTO ANGELO.

Agradeço à empresa e a vocês por dedicarem seu tempo à leitura dessas minhas recomendações para não errarem nas compras de Black Friday.

Infelizmente, várias lojas online surgiram nos últimos anos que não respeitam os consumidores como no meu tempo. Por isso, anotem essas dicas:

1. Não faça compras a partir de e-mails não solicitados (SPAM)

Se você recebeu um e-mail promocional de uma loja da qual você não é cliente (ou é, mas você não autorizou o envio de mensagens do tipo), não faça a compra: você está diante de um SPAM, isto é, um e-mail não solicitado.

Esta prática é deveras prejudicial à internet e, ao aceitá-la, você está incentivando a sua continuação. Além disso, as chances de que você se torne vítima de golpes on-line ao fazer compras a partir destas mensagens são consideravelmente grandes.

Um dos melhores indicativos é saber se a loja vem causando transtornos a outros consumidores. Se existirem muitas pessoas reclamando, você poderá ser o próximo. Evite esses sites, pois já é um mau sinal e na dúvida, consulte os sites de reputação de lojas, como o Reclame Aqui.

2 – Pesquise, caso não encontre nenhuma informação, também a razão social da loja no site do Tribunal de Justiça do seu estado.

3 – Procure comprar em sites conhecidos

Dê preferência a sites de renome ou com boa reputação no mercado, que tenham endereço físico, telefone e CNPJ destacados.

Comprar em lojas apenas virtuais pode se tornar um problema, pois, em eventual reclamação, o consumidor não conseguirá notificar formalmente a loja para a troca de um produto ou a devolução do dinheiro, por exemplo.

Certifique-se de que o site é seguro.

4 – Fique atento ao comprovante

Após finalizar a compra, a loja deverá enviar um comprovante do pedido e do pagamento para o seu email. Se não receber, o consumidor deve exigir imediatamente. O comprovante será fundamental para eventual reclamação junto ao Procon ou em ação judicial.

5 – Ofertas muito atrativas podem ser armadilha

Analise se a oferta está dentro da média do mercado. É um momento em que precisa ter frieza, pois a tendência é correr para aproveitar, mas pode ser uma armadilha.

Desconfie das ofertas muito tentadoras. É impossível as lojas do mercado oferecerem um produto por $100 e um site, isoladamente, oferecer por $10.

6 – Não faça depósitos em nome de Pessoa Física

Se você está comprando de uma loja, o pagamento deve ser feito à loja e não a terceiros.

7- Consulte a lista de sites fraudulentos

Antes de comprar, confira a lista atualizada de sites fraudulentos divulgada pelos órgãos de defesa do consumidor. Você pode acessar o ranking das empresas mais reclamadas no Serviço de Defesa do Consumidor da PROTESTE, ou consultar o Procon de São Paulo, por exemplo, que divulga uma lista de sites que devem ser evitados. 

8 – Não compre se não houver segurança dos seus dados

Se um site oferecer uma excelente condição de compra, mas não preencher os requisitos de segurança, desista do negócio, por mais tentador que seja, e procure outro site ou vá a uma loja física.

Para terminar, uma dica geral: tente sempre comprar produtos dentro do possível de empresas que vendem produtos fabricados no Brasil, pois se algum imprevisto acontecer e tiver problemas você terá ao seu alcance garantia de fábrica em suas mãos, enquanto importador sempre terá um período para resolver seu problema.

Uma vez que, na internet, o cliente não pode verificar o produto “ao vivo”, a loja online deve oferecer o máximo possível de recursos para facilitar a sua decisão de compra.

Para diminuir as chances de a sua experiência ser frustrada, dê preferência às lojas que têm esse tipo de preocupação. Elas oferecem, por exemplo:

* Chat on-line para esclarecimento de dúvidas;

* Fotos detalhadas do produto ou até mesmo vídeos;

* Descrições detalhadas de produtos;

* Informações claras sobre prazos de entrega, pagamentos, frete, entre outros;

* Espaço para que os clientes opinem sobre produtos;

* Organização de categorias e navegação fácil;

* Interação em redes sociais (Facebook, Twitter, Google+, etc.);

* Opções variadas de pagamento. Enfim quanto mais informações você tiver mais segurança terá em sua compra.

Espero ter apontado os principais cuidados que precisa tomar para uma boa compra nessa Black Friday e, se precisar de mais informações, pode me perguntar via email (Antenorgrellmann@gmail.com), Whatsapp (45 991298853) ou através das minhas redes sociais ou da SANTO ANGELO.

Boas compras e até a próxima oportunidade.

Dúvidas e comentários? Já sabem que podem deixar suas opiniões aqui no blog e nas nossas redes sociais.

Abraços e semana que vem retorno com a continuação da série sobre Saúde .

Lygia Teles, é Relações Públicas e especialista em Gestão de Marketing pelo SENAC-SP. Desde janeiro/16 integra a equipe de Marketing e Comunicação da SANTO ANGELO.