Bem-vindo ao blog da Santo Angelo!

Cabos e acessórios SANTO ANGELO tem na Music Jungle
Compre já!

Ídolos, músicos e fãs: Todos buscando um lugar ao sol

Por Karen Ballada

“Corra para ver o que acontece e volte aqui pra me falar o que parou a cidade inteira novamente”. Este enorme sucesso de uma das bandas mais populares do Brasil faz mais sentido agora. Desde o dia 06/03/13 todos estão mais tristes com a notícia da morte de um dos principais vocalistas da música atual. Alexandre Magno Abrão, o Chorão, do Charlie Brown Jr, foi encontrado morto em seu apartamento.

Charlie Brown Jr. era uma banda atemporal, que falava através das gerações com a sua linguagem “das ruas”. Seu líder era conhecido por discursos sociais, sobre liberdade de expressão e estilo de vida, e que além de tudo deixou um legado de muita sabedoria popular e artística. A banda tinha enorme sucesso entre os adolescentes, pois transformava em Música todo o sentimento a respeito de política, de família, de amizade e de amor, contribuindo para a formação da identidade de inúmeros jovens.

Quem não experimentou aquela sensação das pistas de um show? Daquele show que você pediu insistentemente para que acontecesse, mas, quando finalmente aconteceu não te proporcionou a sensação e o sentimento planejado? E quem não teve a experiência de se identificar com as palavras cantadas por alguém? É aí que queremos chegar.

A vocação vem de dentro. Desde a infância é possível prever o que está por vir: um vocalista, que não perde a oportunidade de cantarolar as trilhas de desenhos animados. Ou um baterista, que “batuca” nas panelas na cozinha. Ou ainda um guitarrista que “dubla” todos os solos dos caras da TV. Mas a questão é: quantas pessoas você conhece que conseguiram de “mão beijada” fazer com que a nação aclamasse por um bis? Quantas pessoas você conhece que não sofreram repressões sociais, políticas ou pessoais ao irem atrás de um objetivo por muitos visto como desperdício de tempo? Poucas.

Músicos com mais tempo de estrada são capazes de nos dizer como era a vida de uma pessoa que optava pela Arte há alguns anos atrás: preconceitos, julgamentos e outros tipos de suposições a respeito da vida atarefada que levavam. Apenas um único sentimento  fazia  com que não desistissem: o Amor pela Música. O Amor por instrumentos musicais, pelas melodias, pela composição.

Hoje em dia, mesmo com as dificuldades ainda enfrentadas, sabemos que é preciso lutar pelo nosso sonho. Não é fácil, como todas as outras coisas pelas quais passamos durante a vida profissional, mas um ensinamento nunca se perdeu: a Dedicação.

Algumas pessoas esperam o sucesso vir enquanto ficam sentadoa no sofá. Quase como se o esperassem chegar junto com a pizza. Desistir não é o ponto: a chave do sucesso está em ser perseverante, em não se deixar abalar, em nunca desistir e sempre, sempre procurar evoluir.

O fato das críticas surgirem, das reprovações aparecerem, não deveria influenciar na nossa escolha para a Vida: a Profissão. Tudo o que é feito com seriedade, dedicação, comprometimento e muita luta é reconhecido e recompensado. Dessa forma, construir uma carreira na qual gerações inteiras se inspiram e se influenciam acaba se tornando uma tarefa muito menos árdua.

Charlie Brown Jr. era uma banda atemporal, que falava através das gerações com a sua linguagem “das ruas”.