Bem-vindo ao blog da Santo Angelo!

Cabos e acessórios SANTO ANGELO tem na Music Jungle
Compre já!

NAMM SHOW 2015: O Relatório

por Dr. Alexandre Berni

Como fiz nos anos anteriores, o post de hoje é um resumo das minhas impressões da NAMM 2015, a maior feira destinada aos instrumentos e produção musical, que acontece anualmente no mês de janeiro no Convention Center na cidade de Anaheim, Califórnia/EUA. A feira tem tradição em apresentar as maiores novidades da indústria musical em geral, mas não esperem que eu vá fazer um tour com vocês pelas grandes marcas mundiais, segurando uma bandeira de excursão ou um pau de selfie, como já vi em muitos vídeos sobre esse evento. O que vocês lerão adiante são parte do relatório que entrego à diretoria da SANTO ANGELO sobre tendências de mercado e que divido com todos os nossos amigos que nos acompanham aqui no blog da empresa. Como são as minhas impressões da feira, podem ser que elas não sejam exatamente como a de outros especialistas que cobriram o evento. Por isso que sempre escrevo para vocês lerem tudo o que puderem sobre os assuntos e tirarem suas próprias conclusões, entendido?

A SANTO ANGELO é uma das poucas empresas brasileiras acostumadas a enfrentar o mercado americano, porque há muitos anos expõe suas idéias e novos produtos na NAMM. Alguns deles, modéstia a parte, foram baseados nas minhas sugestões, criticas às vezes, do que entendo serem tendências.

Assim, eu procurei encontrar inovações tecnológicas entre as grandes marcas como Gibson, Fender, Marshall, Roland, Ernie Ball, Taylor, Focusrite, etc, que sempre nos surpreendem com novidades, sejam elas na apresentação de seus stands ou propriamente em novidades. Claro que sempre estou atento às propostas de novos cabos e plugs, mas sinceramente, só vi mais do mesmo nos estandes dos concorrentes mundiais da SANTO ANGELO. Teve até um deles que copiou “na caruda” tanto o nome como a idéia do plug MUTE que equipa os nossos cabos KILLSWITCH. E notem que não era nenhum Chinês, mas um grande fabricante americano que logo mais estará apresentando o cabo aqui no mercado brasileiro. Não acreditam? Esperem e verão.

Posso até estar enganado, mas percebi que as maiores novidades estão ligadas ao que chamei de “Pocketização” (Pocket = Bolso) da música. Sei que o anglicismo é muito estranho, mas entendam que a miniaturização dos equipamentos ficou muito evidente para mim. Muitas empresas lançaram mini pedais, mini interfaces de áudio, mini controladores para gravação em Ipads, tablets e smartphones (e muitos aplicativos), mini kits de gravação para homestudios, mini amplificadores valvulados e transistorizados, mini microfones para celulares e tablets,  etc.

Fica difícil para mim, praticamente um leigo no ramo dos negócios, saber se esta tendência faz parte de uma exigência do mercado para redução de custos ou se trata de aumento da procura por homestúdios.  Graças ao avanço da tecnologia, seja ela em softwares ou aplicativos, e a conseqüente redução dos preços, muitos músicos buscam montar seus próprios homestudios o que acaba impulsionando as vendas e sinalizando para mais empresas investirem.

Reparem nas fotos a seguir, que fiz nos estande visitados e tirem suas próprias conclusões.

A empresa chinesa Joyo lançando “mini-mini” pedais. Observem que eles usaram cabos Santo Angelo da linha Tattoo para demonstração na feira.

Santo Angelo

Joyo usando os cabos da linha Tattoo

A Morley diminuiu também o tamanho de alguns dos seus pedais:

Santo Angelo

Morley

A Dunlop lançou o seu mini Cry Baby e um mini Fuzzface:

Santo Angelo

Cry Baby

Santo Angelo

FuzzFace

A Ibanez após lançar no ano anterior uma re-edição do tão famoso e desejado Tube Screamer, este ano resolve lançar um mini Tube Screamer:

Santo Angelo

Tube Screamer Mini

A Fender, que também não poderia ficar fora desta lista, lançou este ano também um pedal ABY mini (que você pode aprender a construir o seu clicando aqui):

Santo Angelo

Fender

A empresa Mooer lançou seu mini Wha Wha este ano:

Santo Angelo

Mooer

Haviam muitos pedais de empresas americanas, com estandes sempre repletos de visitantes, mas com a situação atual do valor do Dólar para o Real, ficou inviável comprá-los mesmo com os preços nos Estados Unidos.

Como disse antes, o casamento da “pocketização” com o conceito de “Individualização” chegou a tal ponto de síntese que lançaram uma “banda de bolso”. Foi o maravilhoso pedal chamado TRIO da empresa Digitech, que identifica a tonalidade que você está tocando, andamento da música e, após uma pré seleção do estilo musical que o musico quer interpretar (pop, rock, blues, etc), o pedal começa a tocar junto com você com acompanhamento de baixo e bateria. Simplesmente incrível. Só vendo, tocando e ouvindo para crer. Este lançamento estará disponível no mercado americano após março/15, e infelizmente não souberam me informar o valor:

Santo Angelo

Digitech

Uma marca de amplificadores para baixo chamada EDEN (que faz parte do mesmo grupo da Marshall nos EUA), lançou um mini amplificador sem muito apelo visual, mas seguindo a linha dos portáteis.

Santo Angelo

Eden

E por falar nos mini amps, onde já conhecíamos as marcas Orange, Marshall, Fender e VOX, e que muitos acham trata-se de souvenir ou artigos de decoração de salas ou estúdios, a Blackstar lançou o seu excelente mini amp com timbre muito agradável e efeito de Delay. Conclusão: que não resisti e acabei comprando dentro da cota que tenho direito como turista brasileiro.

Santo Angelo

Blackstar

A ZOOM lançou alguns modelos de mini microfones para melhor captação de áudio em celulares e tablets.

Santo Angelo

Zoom

Para finalizar, pois o assunto da NAMM é muito extenso e cativante, eu fotografei algumas “estações de trabalho” em homestúdio ou “Personal estúdio” compostos de microfone, interface de áudio, controlador, notebook, pc, celular ou tablets:

NAMM 0012NAMM 0013

NAMM 0014NAMM 0015

NAMM 0016NAMM 0017

NAMM 0018NAMM 0019

NAMM 0020NAMM 0021

NAMM 0022NAMM 0023

NAMM 0024NAMM 0025

Bem pessoal, para não dizer que eu só falei de Tecnologia, acrescento que a NAMM é uma grande oportunidade para encontrarmos artistas de fama internacional caminhando normalmente pelos corredores ou até mesmo assinando autógrafos, com muita simpatia, em espaços organizados pelas grandes empresas para seus endorsees. Aliás, as marcas mais famosas como Gibson, Fender, Marshall, Roland, Ernie Ball, Taylor, Focusrite etc, sempre nos surpreendem com novidades, sejam elas na apresentação de seus estandes ou no acabamento dos seus produtos.

Espero ter ampliado um pouco o horizonte de vocês com relação ao que vem por aí, assim como o meu foi ampliado nesta viagem.

Grande Abraço e até a próxima.