Bem-vindo ao blog da Santo Angelo!

Cabos e acessórios SANTO ANGELO tem na Music Jungle
Compre já!

Quer ser encontrado na web? Entenda como as pessoas buscam no Google

2016-02-24 - FB

Dando prosseguimento ao primeiro post sobre como o músico pode fazer o seu marketing pessoal de forma eficiente na internet, hoje vamos abordar um assunto da maior importância: o uso correto das palavras-chave. Se você quer ser encontrado na web, é preciso, antes de mais nada, estar atento aos termos e expressões que coloca ao postar o seu conteúdo (que pode ser desde o título de um vídeo no YouTube ao texto de um post no seu blog). Sem esse estudo prévio, as chances de menor visibilidade são grandes. Então, mãos à obra!

No texto anterior (Como você pode ser útil à música?), pedi para que os leitores listassem todos os seus pontos fortes como músico. Esse exercício não é à toa. Muitas pessoas não gostam, ou têm preguiça de fazê-lo, mas é importante que tenha uma autoimagem clara e bem definida de quem você é, que saiba quais são as suas verdadeiras qualidades para, então, explorá-las. Dessa forma, poderá realmente contribuir com conteúdos úteis e verdadeiros, atraindo pessoas e promovendo tráfego de qualidade para o seu site, ou canal do YouTube, se for o caso.

Saber identificar os termos mais procurados ajuda, e muito, a fazer com que o seu conteúdo apareça para o maior número de pessoas. Acredite: tomando esses cuidados, você sairá na frente, o que faz toda a diferença. Uma das principais portas de entrada dos visitantes de um site, ou canal de vídeos, se faz pelos buscadores, mais precisamente o Google. É um tráfego gerado pelo o que chamamos de busca orgânica. Sendo assim, saber o que as pessoas procuram, e de que maneiras elas fazem isso, é meio caminho andado para o sucesso do seu conteúdo.

2016-02-24 - 001

Como as pesquisas são feitas no Google

Basicamente, há três tipos diferentes de buscas. Se você quer ficar no topo da lista dos resultados do Google, preste bem atenção à forma como as pessoas usam os buscadores. Elas podem utilizar:

Palavras de Head: é quando uma pessoa digita somente uma palavra no buscador, como por exemplo “guitarra”. Essa busca é bem abrangente e feita por um tipo de público que não sabe bem o que quer ainda. Disputar posição na primeira página de respostas do buscador para esse tipo de pesquisa é muito difícil. Esse não será o nosso foco.

Palavras de Middle: aqui, a busca começa a ficar mais refinada. Nesse caso, a pessoa, que já tem uma noção melhor do que quer, digita até três palavras no campo de busca do Google. Exemplo: “aulas de guitarra”. Caso o seu conteúdo seja voltado ao ensino de guitarra, você começa a ter maiores chances de ser encontrado.

Palavras de long tail (cauda longa): esse tipo de busca é bem específica e feita com mais palavras. Exemplo: “aulas de guitarra modos gregos mixolídio”, ou “como gravar canais limpos de guitarras no Pro Tools”. O usuário que faz esse tipo de busca já tem mais conhecimento sobre o assunto e sabe o que está procurando. É aqui que vamos trabalhar o nosso conteúdo.

Descobrindo o que as pessoas buscam

Se é nos termos da cauda longa que atuaremos, lhe apresento uma ferramenta bem interessante para começarmos a delinear as palavras-chave e assuntos que vamos abordar em nosso conteúdo. Ela se chama Keywordtool.io. Com ela, que em sua versão gratuita já nos fornece muitas informações importantes, é possível ver quais buscas as pessoas fizeram no Google e no Youtube a partir de um termo que você escolher. Assim que acessar o site do Keywordtool.io, selecione o país e a língua utilizada (no nosso caso, “Brasil” e “Português”).

2016-02-24 - 002

A partir do momento em que temos uma ideia do que o usuário busca, entra em cena outra ferramenta também muito importante, chamada Keyword Planner, que mede a quantidade de buscas mensais que as pessoas fazem por determinado termo no Google. Essa ferramenta, que é um recurso integrante do Google Adwords, deverá auxiliar na escolha das melhores palavras-chave. Assim que fizer o seu cadastro no Google Adwords, procure, na aba “Ferramentas”, pelo Keyword Planner e comece a fazer algumas pesquisas.

Fique ligado, pois no próximo post, vamos ver como combinar essas duas ferramentas para tirar o melhor proveito do seu conteúdo na internet. Até lá!

André Iunes Pinto é guitarrista e jornalista. Já trabalhou como editor da revista Áudio Música & Tecnologia e colaborador da Backstage. Foi colunista de tecnologia musical no jornal O Globo e no Território da Música (Portal Terra) e mantém um canal no YouTube, chamado OverdubbingNews. Atualmente, é diretor da agência TMI – Texto & Mídia (www.textoemidia.com.br), onde coordena as atividades do MusicPress (www.musicpress.com.br), e fundador do site www.estrategistasdigitais.com.br.